Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O que você precisa saber hoje (11/07/2018)

Araranguaense é investigado por estelionato e golpes em todo o país; Aneel deve propor acordo entre Celesc e Coopera
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 11/07/2018 - 06:42Atualizado em 11/07/2018 - 06:44

INVESTIGAÇÕES- O araranguaense Leandro Ribeiro Baltazar é acusado de aplicar golpes em pessoas de todo o Brasil e do exterior. Ele prometia grandes lucros para quem investisse em sua empresa, denominada “Group Winners”. Os valores investidos variavam entre R$ 40,00 e R$ 8 mil. Os recursos seriam supostamente aplicados na bolsa de Nova York e Bitcoins (criptomoeda). De acordo com relatos de vítimas, Baltazar parecia profissional, mas quando pediam o dinheiro de volta, ele não atendia o telefone e desativava os grupos de WhatsApp. Existem Boletins de Ocorrência registrados em seis estados.

ACORDO- Aconteceu ontem (10) uma reunião entre o deputado federal Ronaldo Benedet, os vereadores Ademir Honorato e Tita Belloli e o empresário Valdelir Biff e o superintendente de Concessões, Permissões e Autorizações de Transmissão e Distribuição da Aneel, Ivo Sechi Nazareno. O objetivo do encontro era buscar soluções sobre a devolução de algumas áreas de atuação da Coopera para a Celesc. A Annel irá chamar a Coopera e Celesc para chegar a um acordo que não prejudique os consumidores.

CONCURSO- A 2ª edição do Concurso Fotográfico foi lançada ontem pela Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), com o tema 'Águas de Criciúma'. As inscrições para participar do concurso podem ser feitas até 31 de agosto e a ficha de inscrição está disponível no site da Famcri. A promoção tem o apoio da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma e a MR Materiais de Construção.