Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

O conhecimento de pescadores levado à outras pessoas

Profundos conhecedores do litoral, família cria plataforma que acompanha as condições do mar em tempo real
Por Marciano Bortolin Balneário Rincão, SC, 04/01/2022 - 15:33
Foto: Arquivo/4oito
Foto: Arquivo/4oito

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Natural de Siderópolis, João Batista Longo e a esposa, Ana, foram passar a lua de mel em Balneário Rincão, se apaixonaram pelo local e sete anos depois estavam morando naquela que vinha a se tornar cidade tempos depois.
A paixão se estendeu para o mar e para a pesca. Em casa, os dois acumulam troféus e medalhas conquistadas em torneios de pesca. “Nada se aprende sem praticar e a pesca vem de longa data. Moramos aqui há mais de 30 anos, participamos de torneios de pesca e fomos pegando prática”, comenta.

João ainda dá dicas de como não voltar da pescaria com as mãos vazias. “Uma boa isca faz a diferença, aqui nós temos a nossa ideal. Independente do mar estar alto ou baixo, o peixe está ali, ou mais ou menos ativo. O equipamento só auxilia, ele não te faz pegar o peixe”, conta.

O nascimento do “Veja o Mar”

Toda esta experiência o fez conhecer profundamente a praia e identificar as condições do mar. 

E porque não colocar tudo isso à disposição daqueles que também apreciam o litoral? Foi para isso que João e o filho, Marcelo Longo, criaram o Veja o Mar, um site, onde as pessoas podem visualizar a orla de Balneário Rincão em tempo real. 

Neste sonho, entre os anos de 2004 a 2006 tiveram pronta e em atividade a ferramenta com a informação técnica necessária para seus boletins de divulgação da praia. Por algum tempo esteve no ar partilhando as novidades e as belezas do mar, mas em função do trabalho e viagens foi adiado, mas não se perdeu a essência do sonho. “A história começou antes de 2004, mas o Veja o Mar como está hoje, nós recomeçamos em 2018. As pessoas perguntavam muito para os meus pais sobre as condições do mar. Então pensamos em disponibilizar as informações. Na época não tinha a inovação que temos hoje, tínhamos uma câmera com um ângulo da orla e fazia toda a leitura de como estaria o local. Hoje tem a facilidade de transformar a informação digitalmente. De 2006 a 2018 ficamos fora pensando em como fazer ficar bom e com praticidade”, relata Marcelo.

Acompanhe as condições do mar de Balneário Rincão através do Veja o Mar:


 

Copyright © 2021.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito