Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

No Avesso, a experiência de viajar por SC em uma Kombi

Casal criciumense vai do litoral à Serra Catarinense dentro do clássico veículo da Wolksvagen
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC , 11/05/2020 - 18:38Atualizado em 11/05/2020 - 18:39
Foto: divulgação
Foto: divulgação

Eles fazem trilhas e viajam por Santa Catarina já há seis anos mas, nos últimos três anos, estão fazendo isso de uma maneira diferente: dentro de uma Kombi 1997. O programa Do Avesso desta segunda-feira, 11, recebeu o casal Renato Coral e Jade Rosso - amantes do estado que se classificam como “viajantes de fim de semana”.

Eles já eram viajantes antes mesmo de comprar a Kombi, mas a aquisição do carro deu ainda mais personalidade para as suas viagens. O motivo? queriam ir mais longe em SC e de forma mais confortável. “Nossa ideia de comprar a Kombi foi para facilitar o deslocamento, às vezes precisamos ficar uma noite no lugar e assim fica mais segura. Queremos, inicialmente, conhecer Santa Catarina, porque tem muita coisa no nosso estado”, disse Renato.

Metalúrgico, Renato se encarregou de transformar o carro clássico da Volkswagen em uma pequena casa sobre rodas. O veículo conta com cama, fogão com forno, armários e pia - o que dá ainda mais conforto para quem quer viajar por aí.

As primeiras viagens do casal não foram para muito longe de casa, em Criciúma, e tiveram como destino a serra catarinense. “Nossas viagens principais de início eram para conhecer a Serra de Santa Catarina, mas conhecemos também a do Norte do Rio Grande do Sul. Agora, antes da pandemia, estávamos indo para o litoral”, destacou Jade que, fotografa, aproveita as viagens também para fotografar.

A viagem mais longa já feita pelo casal dentro da Kombi, apelidada de Catarina, no estado, foi para São Francisco do Sul. Foram mais de 370 km dentro de um carro que faz 7 quilômetros por litro e conta com o motor de um fusca 1600 mas que, de acordo com Renato, é extremamente confortável. 

O casal criciumense já conheceu mais de 40 cidades catarinenses, e dividem a estadia da Kombi entre beiras de praias, pátios de seguidores ou conhecidos ou locais considerados mais seguros. O banho durante as viagens é algo que o casal acaba tendo que se virar para fazer acontecer. “Tomamos banho em postos de combustíveis ou, se tem alguém que conhecemos, pedimos para usar o chuveiro. Se não, é banho de rio, no chuveirão da praia ou de bacia mesmo”, disse Jade.

Algumas das viagens de Jade e Renato ficam ainda mais especiais quando contam com a presença de sua filha, Maria Laura, de sete anos. As idas e vindas no estado fizeram com que o casal sentisse na pele o quão acolhedor é SC. “O que mais gostamos é porque tem muita gente boa. Nosso estado é uma terra em que as pessoas são muito acolhedoras, qualquer lugar em que chegamos a gente pede um cantinho para estacionar e as pessoas dão. Somos sempre muito bem recebidos”, afirmou a fotógrafa.