Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Nem pensar em perder pontos!

Tigre tem a obrigação de vencer o Londrina nesta terça-feira para continuar na luta contra o rebaixamento
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 12/11/2019 - 14:16Atualizado em 12/11/2019 - 14:16
Marlon comemora gol de empate contra o São Bento (Foto: Caio Marcelo / Criciúma EC)
Marlon comemora gol de empate contra o São Bento (Foto: Caio Marcelo / Criciúma EC)

Vencer, vencer ou vencer. Não resta mais nenhuma alternativa para o Tigre nesta Série B, que não bater o Londrina na noite desta terça-feira, às 20h30, no estádio Heriberto Hülse. A partida é válida pela 35ª rodada e coloca frente a frente dois adversários na luta contra o rebaixamento. O Londrina é o 16º colocado, com 35 pontos, enquanto o Criciúma está na vice-lanterna, com 31.

Os dois times vêm de sequências terríveis. O Tubarão paranaense perdeu os últimos quatro jogos. Já o Tigre está há nove partidas sem vencer, com duas derrotas consecutivas.

Para o confronto, o técnico Roberto Cavalo deve retornar ao esquema com três volantes e dois atacantes. Marlon volta de suspensão e retorna naturalmente à lateral esquerda. Carlos Eduardo deve ingressar na lateral direita, adiantando Andrew para o ataque, ao lado de Léo Gamalho. São dois desfalques: Sandro e Reis.

“Dois jogadores que nesse momento fazem falta, o Sandro é um dos mais seguros na retaguarda e o Reis estava fazendo um bom jogo (contra o Sport) e tomou esse cartão injusto. Já conversei com o Wilsão e estamos fazendo um esboço de time, não foge muito daqueles que vinham jogando nas cinco primeiras partidas que o Wilsão assumiu, que estavam mais entrosados”, falou Roberto Cavalo em coletiva realizada na segunda-feira.

Thales e Derlan devem formar a dupla de zaga, com Andrew compondo a dupla de ataque com Léo Gamalho. No meio-campo, Daniel Costa deve fazer a ligação entre o tripé de volantes e os dois atacantes. No gol, sem Luiz e Bruno Grassi, lesionados, Paulo Gianezini ganha sequência.

Foguinho forma tripé de volantes ao lado de Wesley e Eduardo (Foto: Jota Éder)

Londrina sem treinador

A sequência de quatro derrotas tornou insustentável a permanência de Mazola Júnior no Tubarão. Foram nove jogos no comando do time paranaense, sem que conseguisse impedir a queda livre do clube na tabela de classificação – no começo da competição, o Londrina figurava entre os quatro primeiros.

Quem assumirá a bronca é o técnico do sub-19, Silvinho. Ele vai ter o desfalque do camisa 10, Higor Leite. Na lateral direita, os três jogadores do setor estão fora por lesão. Ao todo, são dez jogadores no Departamento Médico, incluindo o capitão Germano.

Com desfalques e a matemática batendo à porta – são 50% de chances de queda -, Silvinho falou que garantir a permanência do Londrina na Série B seria como “conquistar um título”.

“Todos nós temos um nome no clube e a nossa importância. Seria fundamental e um presente para o torcedor deixar o clube onde encontramos. Se conseguimos a permanência, com certeza, é um título”, disse o interino.

Silvinho tem 4 jogos para reverter queda livre do Londrina (Foto: Gustavo Oliveira / LEC)

Decisão para o Tigre

Roberto Cavalo nunca abandonou o discurso confiante. Em dez jogos no comando do Criciúma, conquistou apenas uma vitória, justamente na estreia, contra o Botafogo-SP. Desta vez, o técnico é enfático: é jogo de vida ou morte para o Tigre.

“No meu entender, quem perder esse jogo está fora. Quero dizer que a torcida nos ajude, nos dê força e fé porque o nós estamos machucado, o elenco está sentindo muito e a torcida a favor ajuda muito. Largar e abandonar só depois que não tiver mais chances”, pediu Cavalo.

Na tabela

Mesmo se conseguir a vitória, o Tigre continuará em situação complicada na tabela. Tem que secar o Figueirense, 17º lugar com 35 pontos, e o Vila Nova, 18º com 33, para reduzir a um ponto a diferença para o primeiro time fora da zona de rebaixamento.

Para piorar, na próxima rodada o Tigre enfrenta o Bragantino, em Bragança Paulista. A aposta de Cavalo é que o time paulista esteja “em clima de festa”, pois já conquistou o acesso à Série A e pode garantir o título nesta 35ª rodada, quando enfrenta o Operário em Ponta Grossa.

Já o Londrina pode ingressar pela primeira vez na zona de rebaixamento se perder e o Figueirense empatar ou ganhar da Ponte Preta, também nesta terça-feira. Pelo momento em campo do Tubarão, faz sentido a frase de Cavalo de que quem perder o jogo esse jogo estará na Série C do ano que vem.

Promoção

Mais uma vez, o ingresso estará a preço acessível para o torcedor do Tigre: R$ 10, até a hora do jogo. A expectativa é manter a excelente média de público, que chegou até os 8 mil torcedores, desde que o valor promocional foi estabelecido.

Ficha técnica

Criciúma x Londrina, válido pela 35ª rodada da Série B

Horário: 20h30

Local: estádio Heriberto Hülse

Arbitragem: Anderson Daronco (FIFA), auxiliado por Lucio Beiersdorf e Michael Stanislau (RS)

Criciúma: Paulo Gianezini; Carlos Eduardo, Thales, Derlan e Marlon; Eduardo, Wesley, Foguinho e Daniel Costa; Andrew e Léo Gamalho. Técnico: Roberto Cavalo

Londrina: César; Neris, Dirceu, Augusto (Léo Rigo) e Felipe Vieira; Silvio (Bertotto), Pedro Cacho e Arthur Caculé (Matheus Bianqui); Uelber (Matheuzinho), Léo Passos e Luidy.Estádio Heriberto Hülse, às 20h30