Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Nas linhas, o verdadeiro sentimento

Campanha Magia de Natal está no terceiro ano e é promovida pelo Jornal A Tribuna, Rádio Som Maior e Portal 4oito
Por Bruna Borges Criciúma, 26/11/2018 - 08:37
Guilherme Hahn / A Tribuna
Guilherme Hahn / A Tribuna

As decorações já começaram a aparecer. Os Papais Noéis começaram a chegar. O comércio começa a se movimentar. Mas, qual é o real significado dessa época do ano? É essa pergunta que o projeto Magia de Natal 2018 procura responder. A ação é realizada pelo Jornal A Tribuna, Rádio Som Maior e Portal 4oito. 

Para resgatar o verdadeiro sentido, as crianças são convidadas a escrever cartas contando o que para elas é a Magia do Natal. “O projeto está no terceiro ano e a nossa ideia quando começamos foi de despertar o outro lado do Natal, fugir um pouco dessa coisa do presente e trazer o sentido mais profundo”, comenta o diretor executivo do A Tribuna, Dorvanil Vieira. 

Após o recebimento de todas as cartinhas, uma comissão avalia uma a uma e seleciona cinco delas para serem publicadas no jornal. Uma delas, a que mais de destacar, será lida pelo próprio autor e veiculada na programação da Som Maior, como mensagem de fim de ano. 

“A cada ano o projeto cresce mais, não só em número de crianças, mas também em conteúdo. É impressionante a capacidade de inspiração que as crianças têm. As cartas são emocionantes”, afirma Vieira. “Os adultos, com seus compromissos, dia a dia, agitação, não têm essa capacidade das crianças e com essas cartas elas nos fazem parar para pensar”, complementa. 

Parceiros desde o início

O projeto Magia de Natal conta com a parceria de Rockfeller Language Center, Colégio Sagrada Família, Casa Guido, Ressoar Aparelhos Auditivos, Óticas Carol e Bairro da Juventude. Este último participa da ação desde a sua primeira edição. 

“Quando chegamos com a urna no Bairro as crianças já estão esperando para participar, é muito bacana. Nós damos voz às crianças, esse é o foco principal da campanha”, relata Vieira. 
A diretora executiva do Bairro da Juventude, Silvia Zanette, conta como o projeto é acolhido dentro da instituição. “Essa é uma excelente iniciativa. E a criança tem muito a dizer. Eu percebo que a fala deles remete muito ao nascimento do Menino Jesus e faz o adulto repensar o Natal”, declara.

“Eu sei da dificuldade que é para a equipe escolher as melhores cartinhas, porque são todas muito emocionantes. Muitas vezes a criança escreve coisas ali que ela nem fala para nós, elas revelam muitas histórias emocionantes”, completa Silvia. 

“O que mais importa é o carinho, a paz e o amor”

A produção das cartas no Bairro já começou e os alunos, que mal aprenderam a ler e a escrever, já conseguem relatar nas linhas seus sentimentos mais puros. Como a Íris Sabrina Santos, de nove anos, que contou o que para ela é realmente importante.

“O que mais importa não são os presentes. O que mais importa é o carinho, a paz e o amor. O Natal é uma época boa porque a gente poder ficar junto com a família. Quando eu penso no Natal eu penso em bondade, nas crianças e em coisas boas”, declara Íris. 

Ela também reafirma a felicidade de poder estar perto daqueles que mais ama. “Os pais e mães trabalham muito durante o ano, mas no Natal eles têm mais tempo para ficar com os filhos”, relata a menina.

Para o pequeno Richard da Silva, de apenas oito anos, essa época tem um brilho especial. “Eu lembro do nascimento de Jesus, que é o filho de Deus, que criou a gente. E eu peço para ter uma vida boa”, afirma. E quando se pergunta ao menino o que é ter uma vida boa, ele não pensa duas vezes: “É ter amigos, receber amor e reunir a família”. 

Família é destaque

Nas cartinhas e nas conversas, os futuros adultos contam, cada um do seu jeito, como são suas vidas, o que esperam para daqui uns anos, quais suas felicidades hoje. Mesmo com diferenças, uma palavra aparece em todas: família. 

“Eu penso que o Natal vai ser maravilhoso e eu vou ganhar muito amor da minha família. Vamos comemorar, brincar e fazer festa”, planeja a Maysa Laiane Custódio, de nove anos.
Os planos dela são parecidos com os da Yasmin Inácio Ferreira, também com nove anos de idade. “Natal não é só ganhar presente, é no dia 25 de dezembro comemorar o nascimento do menino Jesus. Quero ficar com toda a minha família, brincar com meus primos”, declara a menina. 

Regulamento

O projeto Magia de Natal 2018 busca resgatar o verdadeiro sentido dessa época do ano, perguntando às crianças o que elas esperam do mundo e quais seus sentimentos nesse período de festas. Para participar, crianças até 12 anos de idade devem escrever uma carta, com no máximo 20 linhas, de próprio punho. É necessário que conste, ainda, o nome completo, idade, telefone para contato, endereço e a escola/instituição. As cartinhas devem ser depositadas até o dia 14 de dezembro em uma das urnas que estão localizadas nos seguintes pontos: Jornal A Tribuna/Rádio Som Maior, Bairro da Juventude, Casa Guido e Rockfeller Language Center. Inicialmente, todas as cartas passarão por uma triagem da comissão organizadora e depois seguirão para a avaliação de uma banca julgadora. Os vencedores ganharão presentes e terão seus textos divulgados na programação da Rádio Som Maior e nas páginas do Jornal A Tribuna.