Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

“Não tivemos problemas na parte estrutural”, diz presidente da Librelato

Empresa foi atingida por incêndio na tarde desta segunda-feira
Por Redação Criciúma - SC, 26/11/2018 - 18:16Atualizado em 26/11/2018 - 18:30
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

A unidade da Librelato do bairro Sangão, em Criciúma, foi atingida na tarde desta segunda-feira por um incêndio. As chamas atingiram o setor de pinturas da empresa. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu conter as chamas rapidamente. Mais de 15 mil litros de água foram utilizados na ação. Hoje no Ponto Final, o presidente da empresa José Carlos Sprícigo foi ouvido sobre o assunto.

“Para nós a informação chegou já no início do ocorrido. A primeira ação foi da brigada interna que disparou o alarme e entrou na cabine. Eles tentaram controlar e imediatamente acionaram os bombeiros. Todos saíram tranquilamente. Nossa preocupação agora é fazer a recuperação”, contou

Segundo Sprícigo, ainda não se sabe as causas do incêndio e além da perícia pública, um perito particular da empresa deve fazer as investigações. “É tudo muito recente. Ainda não temos informações sobre o prejuízo. Amanhã a nossa companhia de seguro vai estar lá para analisar as cabines. A parte estrutural não teve problemas por conta da ação rápida da equipe”, explicou.

O incêndio não atingiu outros espaços da empresa, além do setor de pinturas. “Vamos levar as peças para pitar para as unidades de Içara e Orleans. Estamos aliviados por não ter ocorrido perda humana ou uma perda material maior com este sinistro”, disse.