Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

“Não existe instrumento musical fácil”

Do Avesso recebeu o maestro Marciel Cardoso Miguel nesta quinta-feira
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 22/11/2018 - 16:28
Fotos: Mano Dal Ponte
Fotos: Mano Dal Ponte

Um Do Avesso musical nesta quinta-feira (22). Mano Dal Ponte e Pity Búrigo receberam o maestro Marciel Cardoso Miguel. Ele trabalha em mais de dez cidades do Sul do Estado, na maioria das vezes ensinando violino. Além disso, Marciel rege três orquestras na região e já deu aula para mais de 300 alunos.

“Eu virei maestro há uns 20 anos, trabalhando em bandas da região. Comecei tocando trompete. Não existe instrumento fácil. Eu acho, não menosprezando a classe da percussão, mas é um pouco mais tranquilo bater alguma coisa, mas para isso tem que ter ritmo”, afirmou.

Marciel destaca que, para ser um maestro, não basta tocar bem. “O maestro é um grande líder. Tem que ter liderança. Tem que saber conduzir e ter as pessoas na mão”, disse. O maestro conta que é muito difícil existir um maestro que não toque nenhum instrumento musical. “Pode existir um maestro que não toque, mas que saiba cantar. É muito raro acontecer. É que é quase uma necessidade. Tem que entender de instrumentos para poder conduzir”, esclareceu.

Para ele tudo é uma questão de prática. Marciel diz ainda que hoje em dia está mais fácil aprender a tocar instrumentos. “Além de aplicativos que ensinam, os instrumentos estão mais baratos”, destacou.

Formador de orquestra

Marcial se diz formador de orquestras, uma profissão inventada por ele mesmo. "Hoje tenho uma série de amigos que também fazem um papel parecido. Por exemplo, se alguém me pede uma orquestra para uma igreja, eu vou lá e explicou do que precisa e dou aulas. Como sei tocar todos os instrumentos de orquestra, é simples", revelou.