Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Minotto faz balanço sobre venda de cerveja em estádios

Segundo o deputado, comercialização não aumentou a violência e ainda acrescentou na receita de alguns clubes
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 11/04/2018 - 11:32
(foto: Gazeta do Povo)
(foto: Gazeta do Povo)

O Campeonato Catarinense deste ano contou com uma grande novidade: a liberação da venda de cerveja nos estádios do estado. A Lei de autoria do deputado estadual Rodrigo Minotto (PDT) foi sancionada pelo então governador Raimundo Colombo (PSD) no dia 12 do primeiro mês de 2018. A venda foi proibida durante dez anos.

Há três meses da aprovação da Lei, o deputado Minotto fez hoje, no Jornal das Nove da Rádio Som Maior, um balanço sobre o tema. “A avaliação foi muito positiva, porque tivemos mais de 18 rodadas onde teve um número razoável de público e ingressos vendidos. E contrariando aqueles que diziam que a venda cerveja traria violência aos estádios, nada disso aconteceu”, explicou.

Segundo o deputado, a venda também trouxe retorno financeiro. “Foi muito produtivo, apesar de o campeonato ser curto. Foi produtivo porque possibilitou que os clubes fizessem contratos de patrocínio com empresas que vendem cerveja, além de valorizar a nossa cerveja artesanal catarinense”, esclareceu.