Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

"Meu propósito é mudar a vida das pessoas por meio da educação", afirma Alex Cavalheiro

Alex Cavalheiro, CEO do Instituto Mix, foi o convidado de Adelor Lessa no programa Nomes & Marcas deste sábado, 8
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 08/08/2020 - 12:50Atualizado em 08/08/2020 - 12:57
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Muitas vezes vemos histórias de superação e de pessoas que empreenderam para que conseguir alcançar os seus objetivos. Essas histórias às vezes parecem estar longes, contudo podem estar mais perto do que imaginamos. Como é o caso do Alex Cavalheiro. Natural de Nova Veneza, ele morou um tempo nos Estados Unidos e retornou para o Brasil, criando em Araranguá o Instituto Mix, empresa que oferece cursos profissionalizantes e que conta com mais de 600 franquias espalhadas por todo o Brasil. 

Alex Cavalheiro, CEO do Instituto Mix, foi o convidado de Adelor Lessa no programa Nomes & Marcas deste sábado, 8.

Inicio de sua carreira nos Estados Unidos 

Natural de Nova Veneza, Alex saiu do Brasil aos 19 anos e foi morar nos Estados Unidos para trabalhar. "Fui preparado sabendo que eu ia encontrar dificuldades e cheguei lá para trabalhar com jardinagem, literalmente varrendo chão. Mas eu cheguei lá com um propósito de construir uma carreira, então indiferente se eu ia varrer o chão eu ia ser o melhor da equipe. Dentro de 10 meses eu passei a ser o líder do time e sempre tendo foco. Eu tinha um sonho grande. Eu via que o país estava em uma situação econômica difícil e e pensei ou eu entro em uma faculdade ou eu vou para os e EUA. E eu decidi aquilo. Lá eu comecei a dar inicio a minha vida profissional e de carreia", contou. 

Durante o período do verão, Alex contava com bastante serviço, contudo no inverno a quantidade de atividades no ramo da jardinagem ficavam mais escassas. Foi quando foi trabalhar com entrega de pizzas. "Eu trabalhei com jardinagem no verão e trabalhava até 18 horas por dia. No inverno não tem grama e nem flores. Só tinha serviço quando nevava e tinha vezes que não tinha serviço. Então eu sai da jardinagem e soube de um amigo que trabalhava em pizzaria e estava saindo do emprego para voltar para o Brasil. Assim eu comprei o emprego dele. Paguei $ 3 mil dólares e comprei a vaga. Ele ganhava muito dinheiro, pois entregava pizza em um estabelecimento muito famoso e movimentado", explicou. 

Retorno para o Brasil

Alex ficou aproximadamente oito anos nos Estados Unidos, retornando para o Brasil em 2002. "Quando eu fui meu objetivo era ganhar dinheiro. Então chega um momento que às vezes o dinheiro não compra tudo. Eu tinha filhos e não parava para estar com os meus filhos, então eu tinha batido a minha meta que era construir um início para vir para o Brasil. Quando eu vim para o Brasil eu queria fazer algo que eu me realizasse como pessoa. E eu estava em busca de um propósito de vida, um trabalho que com o meu esforço eu pudesse ajudar as pessoas. Foi quando eu entrei na área de educação. E hoje é muito bom porque através do teu trabalho tu transforma a vida das pessoas", enfatizou. 

Início de sua carreira no ramo da educação

Quando Alex retornou para o Brasil, ele resolveu atuar no ramo da educação. Iniciou como um franquiado da Microlins e depois abriu o seu próprio negócio. "Lá nós tínhamos cursos na área de informática e eu estava vendo que o mercado estava mudando e se reinventando. Então criamos um mix de produtos com o Instituto Mix", explica. "Então eu sai dos cursos de informática para cursos na área da beleza, saúde, construção civil e  gastronomia e hoje temos mais de 100 cursos sendo feitos. Então acabamos abrindo um leque muito grande e começamos a crescer de forma espiral na região e hoje temos mais de 600 franquias em todo o país", completou. 

Com um sucesso no Brasil inteiro, hoje o Instituto Mix atua na educação profissionalizantes de milhões de pessoas. "Hoje nós temos no Brasil aproximadamente 1 milhão de pessoas em cursos profissionalizantes. E geralmente é uma pessoa que não tem uma oportunidade. Por exemplo, temos muitos cursos na área da beleza e a maioria das vezes é uma empregada doméstica, uma dona de casa que não teve condições de estudar e quer ter uma profissão. Então por meio disso ela consegue mudar vidas. Meu propósito é mudar a vida das pessoas por meio da educação", enfatizou. 

O Instituto Mix

O início da forma de empresa ocorreu acreditando em três pilares. "Quando eu decidi ser um franqueador eu acreditei nos processos, pessoas e tecnologias, enxergando os problemas e procurando a resolução disso", explicou. 

Atualmente o Instituto Mix atua de forma presencial e também no formato híbrido. "As pessoas compram a franquia e nós ajudamos eles a montar a estrutura, contratar professores, seguir os padrões e ali eles realizam as aulas de forma presencial. E temos há uns três anos uma plataforma digital que realizamos o estilo híbrido, que é toda aquela parte teórica a pessoa aprende no modelo EAD e a parte prática no presencial", apresentou. 

A sede principal do Instituto Mix está situado no Morro dos Conventos e conta com mais de 3 mil m² de área construída.