Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Mercado imobiliário de Santa Catarina continua com resultado positivo

As cidades mais valorizadas são Florianópolis, Balneário Camboriú e Itapema, chegando no valor de R$ 10 mil o metro quadrado dos imóveis
Por Letícia Ortolan Criciúma - SC, 16/02/2022 - 09:34 Atualizado em 16/02/2022 - 11:54
Fernando Willrich. Foto: Bruno Gallas / Som Maior
Fernando Willrich. Foto: Bruno Gallas / Som Maior

Quer receber notícias como esta em seu Whatsapp? Clique aqui e entre para nosso grupo

Mesmo durante o período da pandemia da Covid-19, o mercado imobiliário do Estado tem mostrado resultados positivos não só no aluguel de um imóvel, como também no ato da compra e venda feita pelos mais de 33 mil corretores ativos no território estadual. Conforme informações do presidente do Conselho de Corretores de Imóveis de Santa Catarina (CRECI-SC), Fernando Willrich, que esteve no Programa Adelor Lessa nesta quarta-feira, 16, a construção civil possui um alto número de demandas.

Conforme o presidente do CRECI, Santa Catarina é um Estado com alta qualidade de vida. As cidades mais valorizadas são Florianópolis, Balneário Camboriú e Itapema, chegando no valor de R$ 10 mil o metro quadrado dos imóveis.  “Em Balneário Camboriú o céu o limite, tem valores significativos e ainda há possibilidade de risco de esgotamento. Atualmente possui mais de 50 prédios em construção nesta região toda. Também vimos um desenvolvimento de Itajaí e as praias em volta, com preços altas”, disse. 

Willrich assumiu a presidência do CRECI há pouco mais de 30 dias e declarou durante a entrevista que seu grande desafio no cargo é a representatividade da categoria de profissionais. Ele acrescentou que existem muitas pessoas contraventoras, que não estão habilitadas para dar continuidade a profissão, que traz um prejuízo. No entanto, isso é um problema que a solução vem sendo trabalhado junto ao comando da Polícia Militar (PM). 


Ouça a entrevista completa abaixo: 

Copyright © 2022.
Todos os direitos reservados ao Portal 4oito