Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Manutenções preventivas garantem longevidade ao Paredão do Zé Diabo

A prefeitura cuida da limpeza enquanto a Febave é a responsável por obras
Erik Behenck
Por Erik Behenck Orleans - SC, 22/11/2019 - 16:40
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Inaugurado em 1988, o paredão do Zé Diabo é um dos pontos turísticos mais visitados de Orleans. Recentemente as professoras Luíza Bressan, Heloisa Junklaus e Ana Voltolini, produziram um trabalho sobre o assunto. O autor da obra  morreu em agosto de 2017. E segundo o prefeito, Jorge Koch, o local segue sendo conservado pela Fundação Educacional Barriga Verde (Febave).

“Ele está normal, quem cuida do paredão é a proprietário, a prefeitura mantém o equipamento limpo”, afirmou o prefeito de Orleans. Segundo ele, a cada dia que passa     existem cuidados, para que a estrutura se mantenha bela. A questão de manutenção é responsabilidade da Febave, enquanto a prefeitura trabalha na limpeza e nos cuidados com a estrada que dá acesso.

“Toda semana, todo mês e todo ano, nós sempre mantivemos o local limpo. A manutenção e a revitalização das esculturas é a com a Febave”, citou Koch.  “Nós recebemos em média 17 mil turistas, em média 1.500 pessoas por mês, passam por lá para conhecê-lo, eles também visitam o museu ao ar livre”, completou o prefeito.

Ainda de acordo com o chefe do poder executivo orleanense, a Fundação Barriga Verde trabalha de maneira preventiva, para evitar trabalhos maiores. “Não tem revitalização neste momento, a Febave faz a revitalização a cada ano e a prefeitura mantém a limpeza do local. Agora em agosto nós fizemos a limpeza, tudo isso junto com a Febave”, concluiu.