Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Manifestações de caminhoneiros e agricultores ganham maior adesão

Greve chega ao seu terceiro dia e postos de combustíveis já sentem os impactos (FOTOS E VÍDEO)
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 23/05/2018 - 08:57Atualizado em 23/05/2018 - 09:08
(foto: Marco Búrigo/ 4oito)
(foto: Marco Búrigo/ 4oito)

Os caminhoneiros e agricultores de todo o Brasil estão se mobilizando desde a segunda-feira contra o aumento do preço do óleo diesel. As manifestações estão espalhadas por diversas vias e, agora, estão ganhando maior adesão e visibilidade.

Logo no início da manhã, agricultores de Turvo, Jacinto Machado e Ermo se uniram e partiram com destino a BR-101, em Sanga da Toca. Em Jaguaruna, o terceiro dia de mobilização contou com aproximadamente 50 caminhoneiros na madrugada e teve pneus queimados. Ainda no Sul do Estado, Imbituba, Araranguá e Tubarão também recebem as manifestações.

“A gente está pedindo apoio da população. Estamos lutando não só pelo nosso trabalho, mas por todos. Estamos pagando a conta da corrupção. Não vamos sair da pista enquanto o governo não baixar o preço dos combustíveis. Nosso planejamento é continuar o que estamos fazendo. Quem quer passar que não venha e se tentar furar nós vamos parar com a nossa equipe. Não tentem desviar, porque tem paralização na região de Gravatal também”, revelou Valdinei Pacheco, caminheiro há 12 anos que estava hoje pela manhã em Jaguaruna.

Segundo Pacheco, ontem alguns caminhoneiros tentaram passar pelo local. “Aqui teve ontem pessoal mais alterado. A gente tenta fazer o pessoal aderir a paralização de forma melhor possível. Em alguns outros lugares as pessoas tentaram passar e tiveram os vidros quebrados, mas isso a gente não quer. Não queremos o prejuízo de ninguém”, contou.

Os postos de combustíveis já sentem os impactos da greve e em alguns locais já falta combustível.

Com informações, fotos e vídeo de Marco Búrigo.