Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Longe da mídia, fisiologistas são essenciais para um time

No Do Avesso, personal trainer Ramon Fabris falou sobre sua atuação no Criciúma
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 02/07/2018 - 15:15Atualizado em 02/07/2018 - 15:18
(foto: Mano Dal Ponte)
(foto: Mano Dal Ponte)

Longe dos holofotes, eles são essenciais para o sucesso de uma equipe de futebol. O Programa do Avesso, da Rádio Som Maior, recebeu o personal trainer Ramon Fabris, que desde junho é o responsável pela fisiologia do Criciúma Esporte Clube, onde trabalha desde 2016.

“A gente conhece o meio, então sabe a hora de dar um puxada ou uma segurada. As vezes o cara está com raiva. Fizemos treinos com 16 sequências, se o jogador estiver mentindo em alguma coisa, para ir para o jogo, isso vai aparecer”, explicou Fabris.

Foto: Luana Mazzuchello


Ele foi jogador profissional entre 2002 e 2006, passando por times como Guarani de Palhoça, Camboriú e Chaves, de Portugal. Após deixar os gramados, estudou Educação Física e continuou no esporte, agora como preparador físico, atuando na recuperação das lesões dos atletas. Com experiência dos dois lados, Fabris falou sobre a lesão de Marcelo na Copa do Mundo.

“A gente quando dá uma dorzinha nas costas já é ruim, então imagina o cara numa Copa do Mundo. É complicado daqui a gente querer falar algo sobre. Na Seleção Brasileira tem muita gente em cima dele. Ele travou, então precisa de uns dias para ter todos os movimentos”, analisou.

A utilização do árbitro de vídeo estrou em Mundiais este ano. O VAR (Video Assistant Referee) chegou para corrigir erros de marcações, incluindo lances para expulsões. Na partida entre Brasil e México, Neymar sofreu um pisão, que poderia resultar em lesão.

“Hoje o cara deu uma pisada na frente do arbitro. Se em qualquer situação de expulsão pode consultar, por que não fez hoje? Se pega uma chuteira de alumínio, ela é pequena, mas mesmo assim dói. O VAR é uma coisa nova, mas vai vir para ficar”, comentou.

Confira o Programa do Avesso na íntegra: