Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Jovem transexual de Criciúma é encontrada morta em Florianópolis

Júlia Volp estava desaparecida desde quinta-feira passada; Polícia aguarda resultado da perícia para saber causas da morte
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 04/12/2017 - 18:26Atualizado em 05/12/2017 - 07:42
(foto: arquivo pessoal/redes sociais)
(foto: arquivo pessoal/redes sociais)

A Polícia Civil de Florianópolis localizou, no início da tarde desta segunda-feira (4), o corpo da jovem transexual que estava desaparecida desde quinta-feira passada. Júlia Volp, de 20 anos, foi encontrada em um terreno baldio, no bairro dos Ingleses, mesmo local onde foi vista pela última vez.

O corpo estava em avançado estado de decomposição. A causa da morte ainda não foi divulgada pelo Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil trabalha com a hipótese de homicídio.

Júlia, que é natural de Morro da Fumaça, morava em Criciúma e foi para a Capital do Estado em busca de trabalho. Ela queria juntar dinheiro para ir para a Itália e estava com 700 euros.

No início de 2017, Julia participou do Programa do Avesso, apresentado por Pity Búrigo e Mano Dal Pont. A pauta do programa foi o transexualidade e sua participação no concurso de beleza trans, Miss Brasil T.

“Tem países que não aceitam, algumas religiões também não. Em alguns países os transexuais são punidos. [...] Nós temos que amar uns aos outros, como diz a bíblia”, disse ela durante a entrevista.