Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Jornada de Fisioterapia da Unesc aborda profissão e atendimento

Atenção com pacientes oncológicos é um dos destaques da programação nesta quarta e quinta-feira
Redação
Por Redação Criciúma, SC, 14/10/2020 - 19:32
Divulgação
Divulgação

O papel do fisioterapeuta no enfrentamento à Covid-19, pesquisa em Fisioterapia, atuação do profissional no cuidado de pacientes oncológicos e atendimento fisioterapêutico neurofuncional são alguns dos assuntos abordados nesta quarta e quinta-feira (14 e 15/10), durante a 22ª Jornada Acadêmica do Curso de Fisioterapia da Unesc. Pela primeira vez 100% virtual, o evento terá a participação de professores, profissionais e estudantes da área e agregará o 2º Simpósio de Oncologia e o 1º Seminário de Fisioterapia Neurofuncional.

A abertura do evento ocorreu na manhã desta quarta-feira, e a programação seguiu com duas palestras: "Estratégias de estabilização em atletas hipermóveis", com Raquel Petry e "Uso de agentes físicos no ambiente hospitalar e suas aplicações em pacientes infectados pelo Covid-19", com Rodrigo Plentz. Todo o evento será transmitido pela Unesc TV, em seu canal no Youtube (www.youtube.com/unesctv) e ficará disponível para visualização futura.

Para a coordenadora do curso de Fisioterapia da Unesc, Ariete Minetto, os 22 anos de história da graduação na Unesc são motivo de orgulho tanto para quem está no curso, quanto para quem passou por ele. Ariete salientou ainda a adequação do evento ao momento atual de pandemia, e das possibilidades deste contexto para ampliar a capilaridade da Jornada. "Temos um evento com menos contato, mas com aproximação maior, porque temos pessoas que talvez não pudessem estar se deslocando no caso de um encontro presencial. Vamos abordar novidades de ciência na área, compartilhar conhecimento e ter participação de profissionais de diversos lugares. A Jornada ocorre em um momento singular em que a profissão do fisioterapeuta está em evidência por sua excelência e importância nesta pandemia", afirma.

O conselheiro do Crefito 10 (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional), Marcos Boscatto, salienta a importância de eventos como a Jornada para o debate, a reflexão e o intercâmbio de conhecimento e informações entre a comunidade acadêmica e os profissionais da área. "Uma profissão forte não se faz apenas com boas políticas, mas com pessoas comprometidas, com o desenvolvimento da pesquisa, de comprometimento e de ética. Estamos vivendo um momento ímpar e enquanto profissionais, fomos chamados para cuidar da sociedade e estamos fazendo isso com excelência".

A presidente da comissão organizadora da Jornada de Fisioterapia, a acadêmica Júlia Pagnan, também deu as boas-vindas aos participantes e pontuou a dedicação e o carinho com os quais estudantes e professores organizaram o evento.  

Programação

 

Quarta-feira (14/10)
19h30 – Palestra "Classificação Internacional de Funcionalidade no contexto pediátrico", com André Rocha;
20h30 – Palestra "Guillian Barré: do relato profissional ao relato do paciente", com Telma Ferreira de Souza.

 

Quinta-feira (15/10)

8h – Palestra "Alimentação e Câncer", com Emanuela Medeiros Schirmer e Germano Porto;
8h30 – Roda de conversa "Atuação Multiprofissional no paciente oncológico", com a participação de psicólogos e nutricionistas;
9h – Palestra "Fisioterapia Aquática: da prescrição à prática clínica", com Rômulo Brito;
10h30 – Palestra: "Método Treini", com Renato Loffi;
18h30 – Palestra "Neurobiologia da Acupuntura", com Marcos Lisboa;
19h30 – Palestra "Participação social e sexualidade em indivíduos pós-AVE", com Caroline Rocha;
20h30 – Palestra "Atendimento fisioterapêutico neurofuncional pediátrico em tempos de pandemia", com Geciely Munaretto.