Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Jogos Paradesportivos começam nesta segunda-feira em Santa Catarina

Evento é organizado pelo governo do Estado e conta com diversas modalidades esportivas
Redação
Por Redação Caçador - SC, 13/10/2019 - 11:14

Começa nesta segunda-feira, dia 14, em Caçador, a 15ª edição dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc), evento que envolve atletas com deficiência física (DF), auditiva (DA) intelectual (DI) e visual (DV). Serão cerca de dois mil participantes de 71 municípios que disputarão 12 modalidades até 19 de outubro: atletismo, tênis de mesa, xadrez, futsal, ciclismo, golbol, handebol em cadeira de rodas, xadrez, basquete, basquete em cadeira de rodas, bocha paralímpica e bocha rafa vollo.

A abertura oficial da competição será na segunda-feira, 14, às 19 horas, no ginásio de esporte da Escola Paulo Schieffler. No mesmo dia, pela manhã, serão realizadas as classificações funcionais, que definem a classe de competição de cada atleta. 

A modalidade de natação, por questões técnicas, foi antecipada para 2 e 3 de agosto, a fim de que se realizasse em Indaial, paralelamente às disputas dos Jogos Escolares Paradesportivos de Santa Catarina (Parajesc). Com a antecipação da modalidade, Joinville saiu na frente na pontuação dos Parajasc ao faturar sete dos oito títulos em disputa na modalidade: DF masculino, DF feminino, DV masculino, DV feminino, DA feminino, DI masculino e DI feminino.

Os Jogos Abertos Paradesportivos foram criados visando a inclusão e integração de atletas com deficiência por meio do esporte. O evento tem como finalidades favorecer o desenvolvimento global da pessoa com deficiência e sua integração na sociedade pela prática esportiva adequada às suas necessidades especiais. 

Ainda está entre as finalidades dos Parajasc proporcionar aos atletas a aquisição de experiências que venham enriquecer seus conhecimentos e facilitar sua relação com o meio em que vivem, contribuindo para o exercício de sua cidadania, e propiciar o intercâmbio técnico e de gestão entre profissionais e dirigentes.