Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Jogadores da Série C e B na mira do Criciúma

Hemerson Maria segue trabalhando para montar o plantel do clube
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC, 13/01/2021 - 09:45Atualizado em 13/01/2021 - 09:51
Foto: Reprodução / Arquivo / 4oito
Foto: Reprodução / Arquivo / 4oito

O novo técnico do Criciúma Esporte Clube, Hemerson Maria, foi apresentado oficialmente no Heriberto Hülse nesta terça-feira, 12. O treinador chega no momento em que o clube passa por uma completa reestruturação, com uma nova presidência e plantel praticamente zerado, e afirma que o Tigre já está de olho em jogadores da Série C e B para compor a equipe para a temporada de 2021.

Com a primeira partida do Catarinense marcada para acontecer no dia 24 de fevereiro, Maria terá menos de dois meses para montar uma equipe e prepará-la para o campeonato. Os jogadores, no entanto, só começam a se apresentar no primeiro dia do próximo mês. Até lá, o clube segue visando peças importantes para compor um elenco que, atualmente, é inexistente. 

“Iremos utilizar metade desses 40 dias restantes para formar os jogadores, até porque os atletas que estamos buscando ainda disputam a Série B e Série C do Campeonato Brasileiro. A Série C tem oito equipes que encerram neste fim de semana, e a Série B  termina no dia 30, um dia antes da nossa apresentação. Esses atletas vão estar se deslocando para Criciúma, alguns terão que fazer mudanças para casas, teremos que atropelar alguns processos e, no começo, vamos sofrer um pouco”, destacou Hemerson.

De acordo com o treinador, o clube terá que criar estratégias de treinamento para que jogadores que vêm principalmente da Série B, e que terão pouquíssimos dias entre um campeonato e outro, possam se recuperar a tempo da competição. Segundo Maria, o grupo talvez demore um tempo maior para que a equipe esteja entrosada e alcance os resultados da temporada. 

Hemerson reforça ainda que o Campeonato Catarinense será um processo importante para preparar os jogadores para o ano, visto que o maior objetivo do Criciúma neste ano é justamente o retorno à Série B do Brasileiro.

“Quando se começa um trabalho do zero, não adianta apressar o processo. Nosso maior objetivo é o acesso no fim do ano. Lógico que o Catarinense é importante, mas vamos utilizar o campeonato para formar esse grupo. O objetivo maior do Criciúma é terminar 2021 com o acesso para a Série B de 2022, e trabalharemos muito duro e forte”, disse.

Anunciado pela presidência do clube na última sexta-feira, Hemerson passou o fim de semana já trabalhando em função da composição do elenco e outros assuntos sobre o Tigre. O Criciúma ainda não possui um diretor executivo de futebol, mas deverá anunciar um nome para o cargo em breve.

Maria destaca que a definição de um executivo de futebol é extremamente importante para a formação do perfil dos atletas da equipe, e que Waldeci Rampinelli está ciente disso. “Precisa haver um entrosamento do presidente Rampinelli, Hemerson Maria e executivo de futebol para puxar a carroça para o mesmo lado”, pontuou.