Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

HSJ: Grupo de escoteiros de Treviso entrega cartas aos profissionais da saúde

São mais de 1,5 mil cartinhas distribuídas aos colaboradores do Hospital São José
Redação
Por Redação Criciúma, SC, 19/04/2021 - 16:11
Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

Existem diversas formas de demonstrar o amor e o carinho para alguém. Maneiras diferentes de compartilhar sentimentos, vivenciar emoções e distribuir gratidão. Foi assim que, com o objetivo de se manter próximo, agradecer, dar força e coragem aos profissionais da saúde, que Grupo de Escoteiros Leão Baio, de Treviso, entregou quase 1.5 mil cartinhas que foram distribuídas aos colaboradores do Hospital São José de Criciúma.

“Nosso grupo criou a campanha ‘Doe uma Palavra’. Mobilizamos nossa cidade, lançamos o desafio aos jovens, aos vizinhos, parentes e amigos. E é com imensa alegria que entregamos quase 1.5 mil cartinhas, feitas com todo carinho por várias mãos, algumas mais simples, outras mais elaboradas, mas com certeza estão em cada envelope palavras vindas do coração”, garante a diretora presidente do Grupo de Escoteiros Leão Baio, Rosilene Koch.

De acordo com a diretora, todo o grupo ainda está abalado pela pandemia e aprendendo a lidar com tudo isso. As atividades escoteiras são em contato com a natureza e em contato com pessoas. Abraços, brincadeiras coletivas, acampamentos e rodas de música não podem acontecer, então, como tantos outros, o grupo também se mantém em atividades virtuais, cada um na sua casa. “Muitos já perderam parentes, amigos, e muitas vezes perdemos a esperança e a força para erguer a cabeça e continuar. Aí ligamos a TV, abrimos as mídias sociais e lá estão os médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e mais um leque de profissionais envolvidos na linha de frente de atendimento a Covid-19. Eles estão firmes, enfrentando uma batalha todos os dias, com seus rostos marcados pela máscara, pelo desgaste e muitas vezes por lágrimas. Sim, vocês são heróis”, reforça Rosilene.

Para os integrantes do grupo, esta foi uma forma agradecer aos profissionais da saúde pelo trabalho e a dedicação à comunidade, especialmente durante todo o período da pandemia. "Quando eu estava fazendo essas cartinhas eu senti uma imensa gratidão por saber que existem profissionais tão dedicados. Todos sabemos que não está sendo um momento fácil, mas vocês continuam firmes e fortes. Obrigada a todos", comenta a escoteira Sophia Vicente, de 13 anos.

As cartinhas foram recebidas com alegria e muita gratidão pelos profissionais do HSJosé. “As pessoas não sabem como tudo isso nos motiva a continuar. Nós estamos aqui lutando há mais de um ano contra este vírus, muitas vezes tristes com a realidade e receber essas cartinhas feitas com tanto amor e carinho faz uma grande diferença no nosso dia e no nosso trabalho. Cada uma dessas pessoas, mais do que o tempo dispensado para escrever cada uma dessas cartinhas, está nos entregando amor e isso é impossível não nos sensibilizar”, aponta a gerente de enfermagem do HSJosé, Thamilis Peruchi Csunderlick.

Motivação aos profissionais

O Grupo Escoteiro Leão Baio, foi fundado em 2014 e hoje é composto por 31 membros juvenis (entre 7 e 18 anos) e tem seus trabalhos conduzidos por oito adultos voluntários. “Esperamos que cada um receba uma cartinha e que possa aquecer o seu dia, motivar ainda mais a fazer com que os profissionais da saúde acreditem que não estão sozinhos, que, mesmo de longe, tem uma turma aqui que diariamente ora por eles, emana energias positivas e pede para que tudo isso passe rápido para que, em um futuro próximo, essas palavras sejam transformadas em abraços. Continuem sua batalha e nós continuaremos daqui, nos cuidando, ficando em casa, para que tudo possa melhorar o quanto antes. Força, coragem e fé”, aponta a diretoria do grupo de escoteiros.