Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Histórias do Grupo Ghellere contadas no Nomes & Marcas

Nomes & Marcas da Rádio Som Maior deste sábado, 25, que recebeu os convidados Chico Ghellere e Daniele Possamai Ghellere, diretores do Grupo
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 25/07/2020 - 16:07Atualizado em 25/07/2020 - 16:14
Fotos: Beatriz Coan / 4oito
Fotos: Beatriz Coan / 4oito

O Grupo Ghellere é um dos empreendimentos do ramo gastronômico e turístico que ultimamente mais movimentam a região do interior do Sul da região. Com empreendimentos como o Ghellere, Capo & Gin, Casa do Chico e Gueppo, o grupo acumula histórias de superação e de boas lembranças. Essas histórias foram contadas no Nomes & Marcas da Rádio Som Maior deste sábado, 25, que recebeu os convidados Joceli, o Chico Ghellere e Daniele Possamai Ghellere, diretores do Grupo. 

A história do Ghellere inicia em meados dos anos 1980, quando o pai de Joceli inicia uma pequena venda na beira do Rio São Bento, em Siderópolis. "O Ghellere começou bem pequeninho na beira do rio. O meu pai montou um barzinho que vendia basicamente cachaça, milho verde e pastel. E aí o cliente começou a exigir mais alguma coisa. Começou a fazer almoço, a tradicional galinha com polenta e foi crescendo. Isso foi em 1980 e em 1986 virou uma empresa registrada, com tudo no meu nome", relembrou Joceli, que é mais conhecido como Chico, um apelido que foi uma herança do seu avô, que se chamava Francisco. 

Chico Ghellere

Nesta época, já servindo almoços, o espaço era conhecido como "barracão". Por volta dos anos 1990, iniciou-se um projeto de aumentar o empreendimento. "No início da década de 1990 quando fizemos o projeto do novo empreendimento, a gente tinha o dinheiro para pagar o projeto. O projeto era para ficar pronto em 2000 e em 1995 ficou pronto. Eu lembro que eu mostrei o projeto para o prefeito de Siderópolis e ele disse 'Isso é um projeto para ser feito na BR-101' e eu disse 'Bom, eu acredito na minha terra'. Então ele já fez a terraplanagem e deu o apoio", comentou Chico. 

Neste meio tempo nasceu a filha Daniele, que atualmente, junto com o pai, dirige os restaurante. "Eu nasci embaixo de um balcão de bar e ao lado do fogão a lenha", completou. 

Daniele Ghellere

Casa do Chico 

A Casa do Chico é um restaurante situado no centro de Nova Veneza. Ele foi inaugurado há 8 anos e já acumula também boas histórias. "Naquela época o Ghellere era só nos finais de semana. A Casa do Chico veio para atender durante o fim de semana. Nós não sabíamos se montávamos uma galeteria ou uma pizzaria e então resolvemos juntar as duas e deu certo", explicou Chico.

"A casa do chico nasceu depois de uma viagem dos meus pais para a Itália, que eles voltaram falando que precisam abrir um novo restaurante. E eles ficaram falando 'onde vamos abrir?' E eles falaram 'na Nova Veneza'. Eu penso que a gente sempre tem que valorizar o que é o nosso. E foi um empreendimento que nos surpreendeu muito. Estávamos em obras no Chico e na praça de Nova Veneza. Foi toda uma movimentação muito grande na cidade", comentou Daniele. 

Gelateria Gheppo

A Gheppo é uma gelateria que comercializa sorvetes estilo italiano. "A Gheppo nasceu de também uma viagem para a Italia. Uma prima minha italiana que queria vir para o Brasil e criamos uma sociedade. Só que acabou que ela não conseguiu vir para o Brasil e acabamos bancando sozinhos", comentou Chico. 

Capo & Gin 

Um outro empreendimento do Grupo é o Capo & Gin. O ambiente é um gastrobar. "É uma mistura de um bar com um restaurante. Eu queria colocar um bar com comida. Não queria ser um bar com batata frita e chopp. Então trouxemos um bar com toda a magia da cultura italiana e agregar mais coisa, como a comida", explicou Daniele. 

O ambiente conta com drinks tradicionais com releituras e novidades.

Trabalho e perseverança

As histórias que conta a trajetória do Grupo Ghellere são recheadas de trabalho e suor. "Tem que ter trabalho e perseverança. Nada cai do céu", enfatizou Chico. "Tem que pensar grande. Sonhar alto e imaginar lá na frente. Também tem que viajar, sair do campo de conforto e trazer coisas para cá", completou Daniele. 

O futuro também prospecta uma visão de empreendimentos para o Grupo. "Nós vemos o Ghellere e Nova Veneza com muito potencial. Quanto mais coisas abrirem, quanto mais restaurantes e entretenimento ir para lá é melhor", comentou Daniele. "Eu acho que com a pandemia, vai melhorara pra nós. As pessoas vão ir mais ao interior", complementou Joceli.