Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Hercílio Luz perto de conquistar a Copa Santa Catarina

Leão do Sul visita o Brusque neste domingo para tentar abrir vantagem no primeiro jogo da decisão
Por Lucas Renan Domingos Tubarão, SC, 17/11/2018 - 12:06
Jogo de volta será realizado no próximo domingo, dia 25 no Anibal Torres Costa/Foto: Zahyra Mattar/Hercílio Luz
Jogo de volta será realizado no próximo domingo, dia 25 no Anibal Torres Costa/Foto: Zahyra Mattar/Hercílio Luz

O fim de semana será e decisão no futebol profissional de Santa Catarina. Neste domingo, às 17h, no Estádio Valério Gomes Neto, na cidade de São João Batista será disputada a primeira partida da final da Copa Santa Catarina, Taça Milioli Neto. Hercílio Luz e Brusque se enfrentam na briga pelo título da competição.

O Leão do Sul chegou à decisão após eliminar o rival Atlético Tubarão nas semifinais. Na primeira partida, o Hercílio venceu por 1 a 0 na casa do Peixe e depois, como tinha vencido o jogo de ida, segurou o empate em 1 a 1 no Aníbal Torres Costa e avançou na competição. Depois da eliminação, o Tubarão anunciou a saída do técnico China Balbino, que comandou a equipe durante toda a Copa Santa Catarina.

Só que para colocar a mão na Taça Milioli Neto, o técnico do Hercílio Luz, Edson Vieira, está consciente das dificuldades que terá ao enfrentar o Brusque, os dois times fizeram a melhor campanha na competição na fase de grupos e a promessa é de um jogo equilibrado. “Eles estão muito entrosado. Uma equipe tranquila, que não tem muita pressa para jogar e tem muito toque de bola. Acho que essa final coroou as duas melhores campanhas do campeonato, foram os times que mais venceram”, apontou Vieira.

Pensamento jogo a jogo

Mas, entre as duas melhores campanhas da Copa Santa Catarina, o Leão do Sul ainda foi superior, por isso, o jogo de volta será realizado no Anibal Torres Costa, casa do Hercílio. Mesmo assim, o Edson Veira fala em não pensar sobre o jogo da volta. A concentração é total na primeira partida.

“Temos 50% de chance e eles também. Eu já perdi dois acessos em São Paulo em competições mata a mata. Parei para analisar e notei que nosso foco estava na partida da volta. Isso não vale a pena. Em mata a mata a gente pensa só em um único jogo, que é sempre o próximo. Fizemos assim com o Tubarão e deu certo. Vencemos lá e depois conseguimos manter a vantagem aqui”, destacou.

Por falar na partida contra o Atlético Tubarão, o treinador do Hercílio Luz espera utilizar a mesma tática que culminou na vitória do Leão nas semifinais. “Acho que a euforia atrapalhou um pouco o time deles lá. Como a gente estava em menor número de torcedores no jogo de ida, a pressão era menor. O Tubarão nunca tinha feito um jogo da forma que fez contra a gente na primeira partida da semifinal de sair atacando. E por conta da euforia tentou fazer isso e nós soubemos nos aproveitar”, completou.

Depois da partida neste domingo. Hercílio Luz e Brusque jogam fazem o jogo da volta em Tubarão no próximo domingo, dia 25, também às 17h.