Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Guarde Mais: empresa aluga espaços para armazenamento de materiais e produtos

Serviço de self storage é inspirado em famoso modelo estadunidense
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Criciúma - SC , 12/08/2020 - 14:33Atualizado em 12/08/2020 - 14:35
Foto: reprodução
Foto: reprodução

Nos Estados Unidos, desde a década de 60 o serviço de self storage, ou armazenamento próprio, é vendido como um sucesso para a população, que utiliza dos espaços alugados para armazenar qualquer tipo de material. Em Criciúma, o serviço chegou através da empresa Guarde Mais, em 2017, e vem se tornando a solução para muitas pessoas.

A Guarde Mais aluga boxes de metal de tamanhos variados, para que aquelas pessoas que vão se mudar para algum lugar ou fazer uma reforma, possam armazenar os seus materiais em um local isolado por alguns meses. O serviço, no entanto, não se limita ao armazenamento de mobílias, e é utilizado por pessoas físicas e jurídicas para as mais diferentes finalidades.

“Isso se torna interessante para a pessoa jurídica, que consegue encontrar no self storage a oportunidade de redução de custo ou aumentar o seu espaço de área de venda. Muitos do setor de contabilidade procuram a Guarde Mais para guardar arquivos, assim como advogados, ou promotores de festas para guardar equipamentos. Construtores autônomos guardam lá suas ferramentas, e outros utilizam como endereço fiscal, são muitas possibilidades”, destacou - 

O aluguel dos boxes de self storage são diferentes do de casas e apartamentos. Isso porque taxas como IPTU, água e energia não são cobradas. O valor é cobrado de acordo com o tempo que o cliente quer alugar o box e o tamanho deste. “Tem o período mínimo de um mês, pode ficar um mês e, se quiser tirar no mês seguinte, tira. Não é exigido fiador, um negócio muito rápido, prático e sem burocracia alguma”, pontuou.

O serviço ainda conta com seguros, vigilância e monitoramento de pragas e umidade. Além disso, pode ser personalizado de acordo com a necessidade do cliente. “Se ele quiser aumentar, colocar um mezanino, ele pode”, disse. Sendo alugado em módulos de containers, o Guarde Mais só não armazena produtos ilícitos, armas, jóias e produtos inflamáveis. 

“Temos clientes comuns como os de contabilidades e escritórios de advocacia que utilizam o espaço para guardar documentos. Mas já tivemos também uma loja de venda de móveis sob medida em que todo o estoque do armazém vinha diretamente para a gente, nós armazenávamos no box e, posteriormente, os montadores vinham pegar os móveis para fazer a montagem”, ressaltou.