Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Governador ficou surpreso com a forte italianidade em Santa Catarina

Carlos Moisés recebeu representantes do consulado italiano
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 29/01/2019 - 09:17Atualizado em 29/01/2019 - 09:20
(foto: divulgação)
(foto: divulgação)

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, recebeu na segunda-feira (28) o cônsul-geral da Itália, Raffaele Festa, junto com ele estava o vereador e agente consular da Itália em Nova Veneza, Aroldo Frigo. Na reunião foram destacadas uma série de atividades que podem contribuir para o turismo, Infraestrutura e Educação.

“Tratamos de assuntos e apresentamos ao governador a italianidade em Santa Catarina. Mostrando o que ela representa para os municípios, e o Comandante Moisés ficou surpreso. Eles ficaram surpresos sobre como a República Italiana está inserida no país, a Itália dá a cidadania para a pessoa que tem o sangue e sabe a língua”, contou o vereador em entrevista ao Programa Adelor Lessa.

O agente consular da Itália lembrou que muitos descendentes viajam para a Europa, aproveitando o passaporte italiano e assim arrecadando uma certa quantia em dinheiro, até retornarem ao Brasil. O vereador disse que Moisés não conhecia toda essa influência no Estado e que ficou surpreendido, citando até mesmo a importância do idioma Italiano ser ensinado nas escolas.

“Muitos deles vão para a Alemanha trabalhar em sorveterias, ficam por lá durante 10 meses e depois voltam para cá, com R$ 90 ou R$ 100 mil. Pagam suas dívidas, conseguem construir uma casa. É o intercâmbio cultural e Nova Veneza é o carro chefe de Santa Catarina”, destacou Frigo.

Confira a entrevista na íntegra: