Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Fórum discutirá o futuro de Criciúma e Região Sul

Evento é resultado de parceria entre Som Maior FM e Unesc
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 18/07/2018 - 11:33Atualizado em 18/07/2018 - 18:07

Para refletir sobre os problemas regionais e definir possíveis caminhos que levarão para um futuro de desenvolvimento social, econômico, cultural e ambiental, a Rádio Som Maior FM e a Unesc promovem um fórum para pensar a cidade de Criciúma e Região Sul para os próximos dez anos.

O evento acontece no dia 24 de julho (terça-feira), a partir das 7h30 no auditório Ruy Hülse, na Unesc, e reunirá professores, empresários, profissionais, instituições públicas, privadas e do terceiro setor e diversos segmentos.

“Desde longa data estamos discutindo como a universidade se coloca neste cenário econômico de desenvolvimento da nossa região. E em conversa desenhamos como a universidade protagonizaria essas discussões. Não temos, enquanto universidade, a propriedade e a governabilidade de trazer geradores de receita para a região. Mas temos a obrigação de promover o debate, produzir encaminhamentos que podem contribuir com aqueles que podem trazer investidores e receita para a nossa região”, afirmou a reitora da Unesc, Luciane Ceretta.

“A questão de sermos participantes e protagonistas no sentido de buscar direcionamentos para a região, faz com que a universidade enquanto promotora de um lócus acadêmico e que tem a possibilidade de ampliar visões, faz com que a gente promova uma discussão rica. O que é interessante é a metodologia que queremos trabalhar. Nós já sabemos quais são nossos desafios, mas como fazer para chegar aos resultados necessário? Então, a metodologia que utilizaremos é de ouvir e conseguir condensar de forma concreta as proposições”, explicou Melissa Watanabe, professora Unesc e doutora em Agronegócio.

“Acho que o Fórum tem o papel importante de colocar a universidade não só como a universidade como parceira e protagonista deste processo, mas principalmente a comunidade da nossa região. A organização, a sinergia de toda a comunidade e segmentos produtivos público e privados são protagonistas e discutem o que se espera da região. Vivemos um momento em que a população tem que ser protagonista e dizer o que quer”, afirmou Daniel Preve, vice-reitor da Unesc.

Além do debate, dois painelistas farão parte do fórum e contribuirão para o debate: Ney Ribas, presidente do Observatório Social do Brasil que falará sobre “Ética nas Relações com o Poder Público” e José Roberto Matos, presidente do Conselho de Desenvolvimento de Maringá (PR), que falará sobre a organização do conselho.