Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Focada no exercício físico, a Fisioterapia pode ajudar no tratamento da depressão

A prática dessa especialidade ajuda a restabelecer a confiança do paciente, e melhora a autoestima
Redação
Por Redação Criciúma - SC, 20/09/2020 - 20:59
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Neste momento difícil que estamos enfrentando, doenças silenciosas podem nos acometer. A depressão é a mais comum delas, principalmente no Brasil, que tem a maior taxa de pessoas com este mal na América Latina. Dentre vários tratamentos conhecidos, a fisioterapia é uma opção para amenizar os sintomas dessa doença, que é considerada o "mal do século 21" segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

No mês da valorização da vida, da campanha do Setembro Amarelo, o fisioterapeuta e sócio da Únic - Centro Integrado em Saúde, Kelvin Rodrigues ressalta a importância da especialidade no combate à doença. "Existem casos que o uso de medicamentos, junto do acompanhamento de um psicólogo, auxiliam no tratamento. Mas a fisioterapia é uma alternativa menos invasiva, que fortalece a autoconfiança dos pacientes e auxilia na melhora da autoestima, desenvolvendo o lado físico por meio dos exercícios realizados".

Confira os benefícios da especialidade no tratamento da depressão:

Relaxa a mente: práticas fisioterapêuticas como massagens e alongamento diário causam relaxamento mental, diminuição do estresse e sentimentos negativos, oferecendo uma sensação de bem-estar da mente.

Diminuição da dor e insônia: O pilates é uma forte aliada nos casos de insônia e dor. A forma com que pode ser trabalhada varia de acordo com a queixa de cada pessoa, estabelecendo um padrão de sono adequado, o que auxilia na recuperação do quadro depressivo.

Combate ao sentimento de solidão: manter uma rotina de exercícios físicos, com acompanhamento de um profissional da educação física, ajuda o paciente a sair da zona de conforto, interagir com outra pessoa, além de liberar o hormônio da endorfina no organismo, que é o responsável por sentirmos a sensação de bem-estar.

Sensação de liberdade e confiança: Com o dia a dia da prática da fisioterapia, a pessoa pode se sentir mais disposta, liberta e confiante em realizar atividades com o próprio corpo.

"A fisioterapia é muito ampla, não se restringe apenas à recuperação de lesões ou cirurgias. É possível utilizá-la em diversos tratamentos, de diferentes doenças, já que o nosso corpo é um sistema único, totalmente interligado, principalmente quando tratamos de problemas emocionais", conclui Kelvin.