Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

“Estou feliz. O Sul está representado”, diz Salvalaggio na expectativa pela escolha ao TJ

Advogado de Criciúma está na lista tríplice. Governador Carlos Moisés da Silva apontará quem assumirá como desembargador
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 22/07/2021 - 18:47Atualizado em 22/07/2021 - 18:49
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O advogado Carlos Salvalaggio está na lista tríplice para a escolha de desembargador para o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ/SC). Assumirá a vaga aquele a ser apontado pelo governador Carlos Moisés da Silva, o que deve ocorrer no máximo até a próxima segunda-feira, 26. 

Enquanto aguarda, ele comemora o resultado obtido até aqui, em um processo que iniciou com 22 advogados de todo o estado. “Estou feliz. O Sul está representado. um processo que iniciou em março, cansativo, exigiu muita dedicação, apoio dos colegas da OAB da região. Nos saímos bem no conselho da OAB, depois na eleição inédita, ficamos em terceiro lugar, culminando no segundo lugar agora. Isso valoriza a advocacia do Sul do estado. Faz 18 anos que Criciúma não coloca ninguém no Tribunal de Justiça pelo quinto constitucional. Agora, o governador tem a faculdade de escolher quaisquer dos três da lista, não precisando respeitar a ordem de votação”, diz.

Além de Salvalaggio, a lista possui ainda os advogados Diogo Pítsica e Wilson Pereira Júnior

Com 28 anos de profissão, sempre atuando em escritório particular, Carlos Werner Salvalággio. 50 anos, possui pós-graduações em Ciências Jurídicas - Dogmática Jurídica pela Unisul - onde também fez a graduação em Direito - e Direito da Economia e da Empresa pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Entre 2010 e 2012 exerceu o cargo de conselheiro da OAB - Subseção Criciúma e de 2014 a 2017 lecionou no curso de Direito da Unesc, em Criciúma.