Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Especialista acredita que o cálculo e as aposentadorias especiais podem mudar

Advogado Marcirio Bitencourt falou ainda sobre as pensões por morte
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 11/07/2019 - 10:40
(foto: Erik Behenck)
(foto: Erik Behenck)

O texto base da Reforma da Previdência foi aprovado ontem na Câmara dos Deputados, com 379 votos. Conforme o advogado, especialista em direito previdenciário, Marcirio Bitencourt, o assunto ainda não está fechado. Agora o plenário vai analisar 20 destaques e poderá fazer ajustes. Ele deu sua opinião em entrevista ao Jornal das Nove.

“A gente vai entrar em alguns destaques que são de extrema importância, como a forma de calcular o benefício. Antes eram pagos os 80% maiores salários e agora será calculado um valor envolvendo a média de todos os salários”, afirmou Bitencourt. Acredita ainda que as pensões por morte serão discutidas novamente.

Quando a pauta for totalmente concluída, o texto será encaminhado ao Senado. Marcirio acredita que os deputados ainda vão analisar as aposentadorias especiais. “Tem ainda alguns destaques que podem atingir essas categorias. Temos que ver o que será aprovado para a questão das aposentadorias especiais”, citou o especialista.