Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Encontro debaterá cirurgia bariátrica nesta quinta-feira

Pratica tem ganhado popularidade nos últimos anos, mas ainda é vista com desconfiança
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 27/09/2017 - 18:08Atualizado em 27/09/2017 - 18:12
(foto: Erik Behenck)
(foto: Erik Behenck)

Para muitas pessoas, lutar contra a balança é mais do que uma questão de estética. Cada vez mais popular entre os tratamentos para a obesidade, a cirurgia bariátrica ainda é cercada de dúvidas. Por isso, nesta quinta-feira (28) a partir das 19h, acontece uma reunião promovida pelo Grupo de Apoio aos pacientes pré e pós operados desse tipo de cirurgia, além daqueles que tem curiosidade sobre o assunto. O encontro é gratuito e aberto a toda a comunidade, realizado na Clínica Mova. 

“A obesidade é uma doença crônica, você não deixará de ser obeso, a doença continua ali, deve tomar cuidado pela vida inteira. O adequado é mudar os hábitos de vida, não devemos colocar metas. O ideal é planejar por um ano”, explica cirurgião Leandro Avany Nunes. 

O avanço das técnicas relacionadas a essa área tem atraído os pacientes, mas mesmo assim, ainda surgem muitas dúvidas. “Alguns pacientes ficam com medo da consulta, chegam até mesmo chorando”, destaca o cirurgião. Ele afirma que os pacientes normalmente já arriscaram alguma solução anterior. “Essas pessoas já tentaram diversos tipos de dietas, essas hipercalóricas funcionam, mas o paciente não aguenta uma dieta de 400 calorias por mais de 30 dias, depois volta tudo de novo”, completa.