Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Empresário doa 200 agasalhos para o Bairro da Juventude

Ação ocorreu após Edi Ronchi ouvir apelo da diretora da instituição, no programa de Adelor Lessa, na Rádio Som Maior
Por Heitor Araujo Criciúma - SC, 17/07/2019 - 10:19Atualizado em 17/07/2019 - 10:30
(foto: Heitor Araujo)
(foto: Heitor Araujo)

O frio que castiga todo o sul do país diminui, mas teima em permanecer. Quando os termômetros baixam, nossa primeira reação é pegar um moletom, um blusão ou um casaco, às vezes tudo isso junto, em invernos mais rigorosos, como este de 2019. Para as pessoas em vulnerabilidade social, no entanto, a situação não é tão simples. Muitas famílias não têm condições financeiras para comprar agasalhos para os filhos, que padecem com o frio. Pensando nisso, o empresário Edi Ronchi doou duzentos moletons para o Bairro da Juventude, que atende cerca de 1.500 crianças e adolescentes carentes.

A ação ocorreu na manhã desta quarta-feira, na sede da instituição. Edi conta que a ideia surgiu após ouvir o apelo de Silvia Zanette, diretora do Bairro da Juventude, feito no programa do jornalista Adelor Lessa, na rádio Som Maior. O empresário se sensibilizou com a situação e tratou de ir atrás das peças de roupa. A ideia original era doar 100 peças, mas ao descobrir o número de crianças atendidas pela instituição, ampliou para duzentos exemplares.

“Escutei a Silvia Zanette fazendo o apelo, de que as crianças estavam chegando para as aulas com pouco agasalho e passando frio. Passei a ideia para o pessoal da minha empresa e todos concordaram em ajudar. Com o apoio de dois clientes, conseguimos entregar duzentos moletons hoje, mas isso é apenas uma semente que começamos a plantar. É a primeira entrega que a gente está fazendo e deixamos o convite para todos que queiram nos ajudar nas próximas ações que vamos fazer”, comentou Edi.

Com atividades escolares, culturais e esportivas e cursos profissionalizantes, o Bairro da Juventude conta com o apoio da comunidade da região para manter-se em dia com a demanda das 1.500 crianças e jovens que passam pelo instituto. Pensando em “inspirar as pessoas a transformar o mundo”, Carlos Roberto, Coordenador de Mobilização de Recursos, conversou sobre a importância de ações semelhantes à de Edi.

“Não importa se é um, dez, cem, mil ou 1,5 mil. Tudo aquilo que vem pra somar ao mundo da criança, é muito bem-vindo. A gente agradece de coração, não só ao Edi, mas a todos os empresários que colaboram conosco. Quem quiser, pode fazer doações, nos procurar aqui no Bairro da Juventude”, explicou Carlos.

O Bairro da Juventude completa 70 anos de existência em setembro e atende crianças de três meses até jovens de 18 anos. Conta com uma escola municipal de Ensino Fundamental e cursos profissionalizantes para jovens que estejam no Ensino Médio, além de atividades culturais e esportivas para todas as faixas etárias atendidas.

Como fica o tempo

Neste inverno, a temperatura chegou bem próxima aos 0°C em Criciúma. No domingo da semana passada os termômetros amanheceram marcando 1°C. Situação que deu uma leve amenizada nesta semana, com a mínima atingindo 8°C nesta quarta-feira. Para os próximos dias, a mínima deve aumentar até a casa dos 12°C, com a máxima chegando aos 28° no domingo. Uma nova frente fria deve chegar ao sul catarinense na próxima terça-feira, mas não tão severa quanto a anterior.