Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Em Araranguá, isenção para o setor de eventos

Vereador Samuel Nunes foi um dos que recebeu a reivindicação dos segmentos da sociedade araranguaense
Redação
Por Redação Araranguá, SC, 13/04/2021 - 16:06Atualizado em 13/04/2021 - 16:20
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Na última sessão do mês de março de 2021 o vereador Samuel Nunes, o Samuca (PSD), deu entrada no anteprojeto de lei 009/2021 que autorizava o município a criar medidas emergenciais de incentivo fiscal para empresas e prestadores de serviços dos setores mais atingidos pelas ações de contingenciamento da propagação da Covid-19, entre eles, hotéis, bares, restaurantes, lojas, salões de beleza, setor de eventos, academias, agências de viagens e entre outros. 

Enquanto passava pelas comissões da Casa Legislativa o prefeito Cesar Cesa encaminhou para a Câmara de Vereadores de Araranguá o Projeto de Lei Complementar 011/2021, que reduz os segmentos propostos pelo anteprojeto do vereador, que prevê isenção tributária para empresas, microempresas, e associações privadas cuja atividade principal seja a realização de festas e eventos, como: empresas de aluguel de equipamentos para eventos; salão de festas; filmagem, produção e promoção de eventos esportivos; serviço de alimentação para eventos. 

O vereador Samuel comemorou a aprovação. “Esse foi um setor muito afetado com a pandemia, foi o primeiro a fechar suas portas e o último a abrir. É um projeto justo e necessário”.