Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Educação e política, a vida de Maria Dal Farra Naspolini

Professora aposentada e ex-política conta histórias da sua vida
Por Criciúma, SC, 20/03/2019 - 15:31Atualizado em 20/03/2019 - 16:02
Fotos: Clara Floriano
Fotos: Clara Floriano

A educação é, talvez, a virtude mais importante de uma pessoa. Posicionamento político é algo muito importante também. A convidada do Programa Do Avesso desta quarta-feira (20), Maria Dal Farra Naspolini tem tudo isso e mais um pouco.

Maria Dal Farra era professora e ajudou a fundar a Associação de Professores. Era muito ingênua e iludida em relação à política e tinha uma posição de aversão à política partidária, mas por insistência de outras mulheres que queriam representação dela para trabalhar a educação, acabou aceitando se candidatar. Foi vereadora de Criciúma entre 1992 e 1996, sendo a única mulher indicada por seu partido entre 20 homens.

Maria Naspolini Dal Farra no Programa Do Avesso

“Eu fui à única eleita entre os 20 homens do partido, e eles nem me deram parabéns, nem sequer me olharam. Queria um incentivo por ser inexperiente na política, mas recebi caras viradas. Essa é a maturidade política”, conta Maria Dal Farra.

Foi vice-prefeita de Criciúma entre 1997 e 2001, na gestão de Paulo Meller, sendo a única mulher até hoje a ocupar o cargo. Ajudou a criar o Conselho Municipal da Mulher e da Secretaria de Ação Social e da Família.

“Eu trabalhei 42 anos na educação, e ela sempre foi desvalorizada, trabalhei sempre na militância da educação como professora. Entrei na política com a intenção de fazer a educação ser valorizada”, afirma.

Maria Naspolini Dal Farra, uma das mulheres mais influentes da região

Maria também organizou e participou de diversas ações voltadas para a mulher, com destaque para a importância da contribuição feminina no processo político partidário.

O Programa Do Avesso tem apresentação de Mano Dal Ponte e Pity Burigo.  Confira o programa na íntegra: