Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Ecad divulga ranking: "Atrasadinha", a mais tocada de 2019

Escritório que controla direitos autorais aponta crescimento de 17%, com 65% do arrecadado atrelado a repertório nacional
Redação
Por Redação Brasília, DF, 24/01/2020 - 17:11
Felipe Araújo canta
Felipe Araújo canta "Atrasadinha", líder no ranking do Ecad em 2019 / Divulgação

O mercado de direitos autorais da música continuou em crescimento no ano passado. Os resultados do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) mostram que houve um aumento de 17% no número de beneficiados em comparação ao ano anterior. Em 2019, mais de 383 mil compositores, músicos, intérpretes, editoras, gravadoras e associações de música receberam R$ 986,5 milhões pela execução pública de suas músicas.

Do valor total distribuído, 65% foram destinados ao repertório nacional, contribuindo para impulsionar a economia do país e movimentar a cadeia produtiva da música. O Ecad apurou ainda que o rendimento médio do artista nacional foi 13 vezes maior que o rendimento médio do artista estrangeiro no Brasil. Para a categoria autoral (autores e editoras), foram destinados 75% do total distribuído; e os outros 25% foram repassados para as categorias de direitos conexos (intérpretes, músicos e produtores fonográficos).

“Cheguei ao Ecad no fim de 2019 e já pude perceber que os resultados dos últimos anos mostram que a empresa tem uma atuação cada vez mais ativa no Brasil e muito potencial para crescer, juntamente com o mercado musical. O Ecad é o elo entre a música que toca e todos os que recebem o direito autoral”, disse a superintendente executiva da entidade, Isabel Amorim.

Segmentos em destaque

Os segmentos que mais cresceram no ano passado foram streaming de vídeo, com 48%; festa junina, com 24%; sonorização ambiental, com 15%; rádios, com 9%; e TV por Assinatura, que cresceu 7% em comparação a 2018.

Considerando toda a distribuição dos valores de 2019, o segmento de audiovisual (TV aberta, TV fechada, cinema e streaming de vídeo) se destacou, correspondendo a 48,5% do que foi repassado para os artistas e demais titulares.

Ranking das músicas mais tocadas em shows em 2019

O Ecad também fechou o ranking das 10 músicas mais tocadas em shows no ano passado. Em primeiro lugar, ficou o pagode "Atrasadinha", canção gravada por Felipe Araújo em parceria com Ferrugem. O estilo sertanejo foi, no entanto, o grande destaque de 2019, assim como no ano passado. Seis músicas desse gênero ficaram entre as mais tocadas. Além disso, duas outras canções são uma mistura de sertanejo com outros ritmos, casos de “Jenifer” e “Amor Falso”.