Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Do esporte aos livros: a trajetória de Vivian Sipriano no Avesso

Jornalista atuou como repórter de campo do Criciúma, passou por assessoria de imprensa e hoje divide seu tempo como analista de comunicação e seu canal sobre livros
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 22/05/2020 - 15:30Atualizado em 22/05/2020 - 16:00
Foto: Guilherme Nuerberg / 4oito
Foto: Guilherme Nuerberg / 4oito

Ela é jornalista, leitora diária, estudante de libras, youtuber e até já foi pedida em casamento no meio do Estádio Heriberto Hülse enquanto trabalhava cobrindo o jogo do Criciúma. Com longa trajetória profissional, Vivian Sipriano atualmente divide sua vida como analista de comunicação e seu canal do YouTube sobre suas leituras. Ela foi a entrevistada do programa Do Avesso desta sexta-feira, 22, na Rádio Som Maior. 

Vivian é formada em Jornalismo e desde cedo começou a atuar na editoria de esporte. Ela já atuou na antiga RBS e no SporTV. De acordo com ela, a torcida do Criciúma sempre tratou ela com muito carinho, mas relembra de um episódio específico de machismo em campo. 

Foto: Guilherme Nuerberg / 4oito

“Eu lembro em um domingo à tarde fazendo jogo e escutei um ‘vai trabalhar vagabunda’ e eu tive vontade de gritar de volta, porque eu estou em um domingo à tarde com toda a família em casa e eu ali trabalhando. E ninguém sabe que duas horas eu tenho que já estar no campo microfonada, duas horas depois eu tenho que ir para a TV para escrever e editar texto e mais ainda”, comentou.

Outro episódio que marcou muito a vida pessoal e profissional de Vivian foi no dia 29 de janeiro de 2014, quando seu marido Allan Carlos Vierne pediu ela em casamento no meio do campo. “Era o último jogo da temporada, o Criciúma caindo. Eu já tinha feito a entrevista da saída do time do primeiro tempo e estava na saída do túnel do adversário e eu percebi que tinha muita gente ali daquele lado”, comenta. 

Foto: Divulgação

“Daí o Rogério Dimas, radialista, chegou do meu lado e disse ‘tira o fone’ e eu disse que não e ele insistiu. Eu tirei e escutei uma música romântica e vi uns corações no placar e comecei a escutar uma voz familiar. O Allan não era para estar em Criciúma e daqui a pouco olhei para o centro do campo e vi que ele estava lá e todo mundo ao meu lado sabendo da situação,  inclusive o câmera do SporTV que estava me filmando. Do nada apareceu meus pais e meu irmão e o Allan fez o pedido com o estádio inteiro assistindo e ouvindo no autofalante”, conta. 

Ela também atuou na Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Criciúma e hoje atua como analista de Comunicação da Elaine Revestimentos. “Onde quer que eu vá eu preciso do texto. Em todos os lugares que eu passei precisei trabalhar com ele e tem gente da nossa profissão que não desenvolve o texto”, comenta. 

Vivian é apaixonada por livros e possui um canal no YouTube chamado “Tavalendo”. Este é o primeiro canal de literatura do YouTube em Português e Libras. “Eu digo que eu sou uma leitora raiz. Eu comprava em sebo, lia no computador em PDF e sempre li desde pequena”, comenta. Ela acredita que as inovações ajudam a entenderemos melhor a literatura. “Hoje a gente consegue fazer leitura porque tem apoio de internet e outras coisas para entendermos melhor”, acrescenta. 

Em 2018, fez apresentação em Libras em grupo na Festa das Etnias.