Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Delegado orienta como proceder sobre notícias falsas

Fake news devem crescer ainda mais no período eleitoral
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 09/01/2018 - 19:11
(foto: Amanda Farias)
(foto: Amanda Farias)

Com o avanço da internet, a divulgação de notícias falsas, conhecidas como fake news, também cresce. Recentemente, circulou pelas redes sociais um texto dizendo que Pabblo Vittar seria beneficiado em R$ 5 milhões pela Lei Rouanet, que autoriza a captação de valores através de isenção fiscal. Este fenômeno é mais antigo do que parece.

“As fake news tem evoluído, mas não é um fato novo. Em 2014, uma senhora foi morta, pois, divulgaram que ela havia praticado rituais de magia negra com crianças”, analisou o delegado Ricardo Keleter.

Quem sofrer com notícias falsas pode procurar a delegacia e denunciar o caso. Segundo o delegado, a fonte da informação será preservada. Em outubro o Brasil terá eleições gerais, e a proporção de fake news deve crescer.

“Precisamos verificar a origem da notícia. Agora estamos entrando em uma época de eleição, e surgem muitas notícias falsas. A população deve ter cautela e ser prudente”, afirmou o delegado.