Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Definida a abertura de novos leitos de UTI na região

Orleans, Morro da Fumaça e Urussanga devem receber os novos leitos
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 23/02/2021 - 15:21Atualizado em 23/02/2021 - 17:28
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Gestores da saúde da Amrec e do Estado  se reuniram nesta terça-feira, 23, para encaminhar a abertura de novos leitos de UTI na região para o tratamento de pacientes de Covid-19. Os hospitai Santa Otília, de Orleans; Nossa Senhora da Conceição, de Urussanga  e São Roque, de Morro da Fumaça,  irão manter os Leitos Clínicos de Covid-19.

O Estado sofreu com o aumento de casos de coronavírus e a região da Amrec, que está em situação grave (laranja) na divulgação da última matriz de risco divulgado no último sábado, 20.

Também ficou definida a abertura de dez novos leitos de UTI no Hospital de Retaguarda do Rio Maina, em Criciúma no Hospital Regional de Araranguá (HRA).

No Hospital São Marcos de Nova Veneza, ficou descartada a abertura de leitos por necessidades de adequações que levariam mais tempo, mas serão ativados mais dez leitos de retaguarda.

À tarde, depois do encontro, parte da equipe esteve no Hospital de Retaguarda do Rio Maina, onde se estuda a possibilidade de credenciamento para que o local atenda pelo Estado.

Hoje a Amrec possui 286 leitos para Covid-19, sendo 128 no Hospital São José, de Criciúma; 44 no Hospital de Caridade São Roque, de Morro da Fumaça; 36 no Hospital São Donato, de Içara; 30 leitos infantil no Hospital Materno Infantil Santa Catarina, de Criciúma; 30 no Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Urussanga; 10 no Hospital Santa Otília, de Orleans.

Já leitos de UTI são 102 no total pelo SUS, sendo 56 de UTI geral e 46 exclusivos para tratamento de pacientes de Covid-19.
 

Tags: coronavírus