Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Criciumense participa de live com baterista do Iron Maiden (VÍDEO)

Gilson Naspolini e Aquiles Priester “bateram um papo” com Nicko McBrain
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 21/07/2020 - 17:38Atualizado em 21/07/2020 - 17:40
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O criciumense, Gilson Naspolini participou de uma live com o baterista do Iron Maiden, Nicko McBrain. Ele conta que o idealizador foi o também baterista, Aquiles Priester. “É importante lembrar que Aquiles Priester, idealizador desse projeto, é um renomado baterista brasileiro com reconhecimento internacional. Além de grande fã do Iron Maiden, ele já tem há certo tempo um bom relacionamento com grandes nomes da música mundial, entre eles, Nicko McBrain”, lembra Naspolini.

Aquiles já assumiu as baquetas das bandas Angra, Almah, Freakeys, Noturnall, Vinnie Moore, Tony MacAlpine e atualmente é baterista do Hangar, além de excursionar com o WASP. Antes da quarentena estava em turnê com o Dragon Force, mas as datas foram canceladas devido à pandemia.

Já Gilson Naspolini é baterista, educador e produtor musical criciumense. Na região, tocou com Marília Dutra, Neguinho & Emanuel. Nacionalmente com Bêca Arruda e por um período nos Estados Unidos com o cantor Doc Drinkwater. Atualmente, em Criciúma, trabalha em estúdio particular com aulas de bateria e produção musical. Atende também online alunos de todo o Brasil e também de outros países. Youtuber desde 2010, tem 88 mil seguidores em seu canal instrucional de bateria, que trouxe visibilidade para seu trabalho. Atualmente toca com as bandas As The Palaces Burn, de heavy metal, e O Mundo Analógico, de ska/hardcore, além do projeto tributo ao Rush, Three Snow Dogs, conhecida das "Rush Fest's" da Região Carbonífera.

Fotos: Divulgação

À vontade

O baterista criciumense salienta que ele e Aquiles tiveram o cuidado de preparar perguntas para que a live fosse o mais objetiva possível. “Felizmente o Nicko se sentiu muito à vontade ao longo de mais de duas horas de conversa. Tratamos especialmente da carreira dentro do Iron Maiden, mas também dos equipamentos por ele usados, trocas da formação da banda e até mesmo a sua conversão ao cristianismo no fim dos anos 1990”, comenta.

Fãs "hardcore" da banda estão, inclusive, considerando a entrevista uma das melhores da carreira de Nicko por causa dos assuntos abordados e os maiores site de metal do mundo estão divulgando a entrevista dessa forma.

Naspolini relata ainda que, assim como Aquiles, ele teve no Iron Maiden uma das primeiras inspirações à bateria. “Quando ainda estávamos 'fora do ar', meu coração disparou ao ver a solicitação da entrada dele no ambiente da live. Pode parecer bizarro para algumas pessoas, afinal de contas, eu estava no meu estúdio, sentado no meu ‘escritório’, onde estou todos os dias. Mas naquele momento, foi como se tivesse sido transportado para outro universo, ver o Nicko citando meu nome: ‘Olá, 'Guilson [pronúncia inglesa], muito prazer’ foi algo inimaginável”, relata.

Humildade e aprendizado

Naspolini ainda fala dos aprendizados adquiridos na conversa e sobre as lives no Youtube, através da “TVMaldita”. “Iniciou apenas como uma brincadeira para passar o meu tempo e do Aquiles. Muitos músicos e profissionais do ramo passaram pela telinha do canal do Youtube. Tem sido um aprendizado a cada dia. Nos impressionamos que, mesmo sem um roteiro (na grande maioria das vezes), as histórias fluem e melhor ainda, as pessoas interagem e ficam conosco até o fim, muitas vezes na madrugada. Mas o que tem me impressionado é que nas histórias daqueles com mais experiência, mais renome, mais validação do conhecimento e do sucesso, é onde temos visto a maior concentração de humildade. E o Nicko McBrain, no alto dos seus quase 70 anos, se interessou em falar com dois ‘bugres’ brasileiros, fãs do seu trabalho, iguais como aqueles que ele vê na primeira fila em todos os shows. Foi um grande ato de humildade. Ele não precisa mais disso. E além de tudo, contou coisas inéditas, coisas do coração, com respeito aos que ele citou e aos que estavam ouvindo, com a sabedoria de um mestre que já é uma lenda, graças a Deus, ainda muito viva”, cita.

A live está sendo traduzida para o português e deverá ser adicionada legendas ao longo de toda a entrevista.

Abaixo você confere a live na íntegra: