Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Credores da Criciúma Construções se manifestam hoje

Manifestação acontece às 16h, em frente ao Fórum de Criciúma, por causa da lentidão nos processos
Por Clara Floriano Criciúma - SC, 12/03/2018 - 09:17Atualizado em 12/03/2018 - 22:30

Acontece nesta segunda-feira (12), às 16h da tarde, uma manifestação de credores da Criciúma Construções em frente ao Fórum de Criciúma. A manifestação é sobre a revolta de credores em relação ao andamento dos processos e a lentidão do judiciário. O Programa Adelor Lessa, na manhã de hoje, recebeu a presidente da Associação de Credores do Condomínio Vinhedas do Parque, de Cocal do Sul, Michele Boneti, e o assessor jurídico da Associação Geral de Credores, Marcos Rinaldo, para esclarecer o assunto.

“Nos últimos dias estamos sofrendo pressões dos nossos associados que estão sofrendo os mesmos problemas que estamos sofrendo. Estamos percebendo que os nossos processos estão parados, estão em situação de morosidade. Então gostaríamos de fazer um apelo ao Judiciário para que olhasse com mais atenção e um pouco mais de agilidade para os processos dos nossos condomínios”, esclareceu.

Segundo o assessor jurídico, desde março de 2017, ele vem questionando a morosidade do processo. “Todos os três empreendimentos já fizeram seus requerimentos, exatamente como manda o Plano de Credores. Fizemos todas as retificações necessárias para proteger os adquirentes e uma delas, em especial, é o que traz hoje as associações a pedirem esse apelo ao judiciário. O documento deixa claro que, basta as associações requererem ao magistrado a desincorporação e este a enviara o registro de imóveis, ficando a obrigação em cima da recuperanda. Então, faz um ano que estes empreendimentos fizeram as buscas ao judiciário, sendo travadas, inclusive, por situações de solicitação de acordo, avesso ao que nós entendemos como correto”, explicou.