Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui
140 Motivos

Cp 12: As Minas que nos fazem amar Criciúma

POR Archimedes Naspolini Filho Criciúma, 08/10/2019 - 07:20Atualizado em 21/10/2019 - 14:18

Motivos para amar esta cidade? Temos muito mais do que 140. Amo Criciúma pela história bonita da Mina do Toco, que tem este nome porque, ao cavarem o chão para a primeira galeria de carvão, encontraram uma raiz que só foi retirada com a ajuda de uma parelha de bois. Nem poderia ser diferente: nascia a Mina do Toco.

E a história da Mina do Mato, que tomou este nome porque a primeira mina ali aberta o foi em meio ao mato que tomava conta de toda a região. Então ficaria fácil de a ela se referir: é lá na mina do mato; o engenheiro foi à mina do mato; o caminhão está na mina do mato. E Mina do Mato, ficou.

E a história da Mina do Tunin, que tomou este nome porque aquela mina pertencia ao Seu Tunin, como era chamado o Sr. Antônio Guglielmi, pai dos grandes empresários Santos e Antônio Sobrinho, o Nico.

Com histórias tão singulares, tão simples, tão descomplicadas, no contexto da própria história de nosso município, não há como não gostar de Criciúma! Amanhã trarei outros motivos que me fazem amar Criciúma –aurora vibrante de uma nova e feliz geração - que completará 140 anos dia 6 de janeiro de 2020.