Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Covid-19 em Criciúma: “Por isso, estamos recebendo os reforços", Acélio Casagrande sobre registro de casos e mortes de idosos

Letícia Ortolan
Por Letícia Ortolan Criciúma - SC, 28/09/2021 - 09:31Atualizado em 28/09/2021 - 09:31
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

Novos casos de Covid-19 começaram a surgir em Criciúma, atingindo os idosos. Uma casa de acolhimento do município que abrange este público, registrou na última semana, duas mortes pelo vírus e 13 casos ativos. Em entrevista ao Programa Adelor Lessa desta terça-feira, 28, o Secretário de Saúde da cidade, Acélio Casagrande, se pronunciou sobre a situação. 

Conforme o Secretário de Saúde, este é o principal motivo da aplicação de terceiras doses da vacina contra Covid-19 em idosos acima de 75 anos. “Por isso, estamos recebendo os reforços, por conta da diminuição da cobertura da vacina feita no início do ano”. A faixa etária foi a primeira a ser incluída no calendário de vacinação, que iniciou há mais de seis meses. 

Além disso, na última quinta-feira, 23, o Colégio Marista suspendeu as aulas da turma do 1º ano do Ensino Médio, devido a quatro casos de Covid-19 confirmados. Os alunos teriam ido numa festa de aniversário com cerca de 90 pessoas. “Esta situação não chegou a ser um surto, mas continuamos em alerta”, disse Casagrande. 

Na última segunda-feira, 27, Criciúma teve o registro de 56 casos ativos. Um número baixo comparado ao fato de que a cidade já chegou a 1.700. Assim como a quantidade de hospitalizados para tratamento do vírus atualmente,  que corresponde a nove pacientes.