Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Covid-19: A luta de Juliano pela vida

Ele é filho de Milton Carvalho, ex-presidente do Criciúma, que contou hoje na Som Maior sobre o tratamento de Juliano, que encontra-se na UTI
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 08/07/2020 - 11:27Atualizado em 08/07/2020 - 11:31
Milton e Juliano com a família / Divulgação
Milton e Juliano com a família / Divulgação

A Covid-19 está com os casos aumentando diariamente na região. No princípio da doença, o vírus acometia principalmente pessoas que faziam parte dos grupos de risco, idosos e pacientes com comorbidades. Contudo, o vírus não poupou Juliano Carvalho, um atleta de 42 anos. Atualmente ele está entubado e sedado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) da Unimed Criciúma. Encontra-se em recuperação. 

Juliano começou a sentir sintomas do coronavírus após realizar uma viagem para uma localidade mais fria. A princípi,o achou que era uma gripe, realizou isolamento, tentou contornar com medicamentos em casa e depois com o exame detectou que estava com Covid-19. "É o tipo de doença que surpreende todo mundo. Ele é um atleta que corre e se alimenta bem, mas infelizmente pegou o vírus", explica o pai de Juliano, Milton Carvalho - ex-presidente do Criciúma Esporte Clube -, que falou do caso nesta quarta-feira, 8, no programa Agora, na Rádio Som Maior.

Atualmente, Juliano segue rigoroso tratamento no Hospital da Unimed"Infelizmente ele foi levado para o hospital em um estado profundamente grave, mas que graças a Deus ele está em um processo de recuperação. Hoje ele está entubado, sedado mas as melhoras vêm acontecendo paulatinamente", comenta o pai.

Confira também - Coronavírus: 91 internados entre São José e Unimed preocupam poder público

A expectativa é de que Juliano se recupere logo e Milton confia muito na atuação dos médicos da região. "Existe uma progressão que em breve ele estará conosco, mas por isso eu tenho repetir: vamos cuidar e evitar as aglomerações. Já tenho certeza que ele está fora de perigo. Ele está na UTI e precisa dos cuidados, claro, mas tenho certeza que ele já passa por isso", enfatiza.

Milton relembra a importância de seguir os protocolos médicos e sanitários. "Eu sempre digo que o princípio básico é obedecer aquilo que os médicos mandam. A gente tem que ter todo cuidado", pontua. "Quando tiver sintomas, não perca tempo. Vá a um hospital e procure ajuda médica", finaliza