Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Conselho Antidrogas elege vice e planeja ações

Encontro elegeu o delegado Márcio Campos Neves como vice-presidente do Comad
Redação
Por Redação Criciúma, SC, 13/03/2019 - 17:43Atualizado em 13/03/2019 - 17:54
Foto: Fábio Pereira
Foto: Fábio Pereira

O Conselho Municipal Antidrogas (Comad) promoveu nesta terça-feira (12) um encontro entre os órgãos do conselho e associações de bairros de Criciúma. A reunião foi realizada na Sala dos Conselhos, no Paço Municipal Marcos Rovaris, e contou com a presença do delegado Márcio Campos Neves, eleito vice-presidente do conselho.

A reunião teve como objetivo buscar soluções para alertar alunos da rede municipal de ensino sobre a importância do combate e o consumo de drogas, com a parceria da Polícia Militar de Criciúma, Polícia Civil e órgãos da região.

De acordo com o presidente do conselho, Marcos Antônio da Silva Brasil, uma das metas é levar projetos e palestras às escolas que sejam mais claras e diretas ao público jovem. "O conselho vai trabalhar fortemente o contato com os pais, eles são a base. Se a gente não consegue entender os anseios dos filhos, não conseguimos mudar o mundo desses jovens", afirma.

Durante a conversa foi discutida a prevenção e o combate às drogas nas escolas, buscando soluções para tirar adolescentes e adultos do mundo das drogas, e inseri-los no mercado de trabalho, incentivando os estudos através de campanhas, palestras, e a elaboração de cartinhas para a distribuição em escolas da região Sul.

Reformulação do Promude

Durante a reunião foi decidida a elaboração de uma nova cartilha do Programa Municipal de Educação sobre Drogas (Promude), com conteúdos novos que serão distribuídos nas redes municipais de ensino da região. O projeto era coordenado pelo psicólogo Manoel Rozeng, que atualmente não está mais na função. A nova reformulação deve ser definida, e a proposta deve ser encaminhada à secretária de Educação de Criciúma, Roseli De Lucca.

Parcerias

O conselho visa sempre firmar parceria com a Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc) e Cruz Vermelha, que busca estar junto ao projeto institucional 'Farmácia Solidária', projeto sem fins lucrativos, já existentes na universidade, arrecadando medicamentos por meio de doações da comunidade, elaborando campanhas, e incentivando os cuidados com os medicamentos.

Através da Polícia Militar de Criciúma, Polícia Civil e Cruz Vermelha, o conselho busca mostrar vídeos reais para os jovens nas escolas, com fatos, fotos e histórias reais, através de palestras realizadas pelo presidente da Cruz Vermelha, Almir Fernandes, reforçando a prevenção das drogas e desencorajando quem deseja se envolver.