Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Conheça o sucesso de Dona Silvana: uma série baseada em áudios reais

Vídeos de Guilherme Sousa, feito com áudios de sua mãe, já contam com milhares de visualizações nas redes sociais
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro São José - SC, 14/04/2020 - 17:31Atualizado em 14/04/2020 - 17:58
Foto: Ofuxico / twitter / reprodução
Foto: Ofuxico / twitter / reprodução

Já faz alguns meses que a Dona Silvana vem fazendo sucesso nas redes sociais, após ganhar uma série de vídeos criados e interpretados pelo seu filho, o roteirista do “Isso a Globo Não Mostra”, Guilherme Sousa. Nos vídeos, “Guilerme” usa os áudios de WhatsApp enviados por sua mãe para recriar cenas que são cheias de humor justamente pela personalidade de Silvana - a qual pode ser vista em muitas das mães brasileiras. 

Guilherme conta que já postava os áudios de sua mãe na internet antes mesmo da criação da série, simplesmente por achar muito engraçado. “A minha mãe é essa pessoa, ela tem essa personalidade e quem a conhece mesmo sabe que ela é exatamente aquilo ali”, disse.

A série veio quando o roteirista começou a interpretar os áudios da mãe utilizando uma bonequinha em 3D - e o sucesso começou a vir. Já são milhares de visualizações nas redes sociais, desde o Twitter até o Instagram. “Acho que as pessoas se familiariza muito com a personagem, porque minha mãe tem um pouco de todas as mães. Acaba que as pessoas criam esse vínculo de ‘nossa, minha mãe é igualzinha e faz muito isso’”, comentou. 

Mesmo que com receio inicialmente, por não saber o que as pessoas iriam achar dela, Dona Silvana se viu abraçada por um público que a elogia e vê em seus áudios e vídeos a “representação” de muitas mães. ”Eu fico muito feliz, porque até então eu sempre fui dessa forma e, como o Guilherme diz às vezes sou um pouco estressada. Ele mostrou esse meu lado expressivo”, comentou Silvana.

Moradora de São José, em Santa Catarina, Silvana vê nos áudios a praticidade de conversar com seu filho, que mora no Rio de Janeiro. Mandar áudios todos os dias para Guilherme, já virou uma tradição para a catarinense. “Não tem um dia em que eu não ligue pro Guilherme, isso já virou rotina na minha vida. Eu gosto de conversar por áudio porque se eu ficar escrevendo mensagem eu perco muito tempo. O áudio é mais rápido e bem mais prático, então eu mando muito pra ele”, disse.

O sucesso dos vídeos fez com que Guilherme criasse inclusive um podcast em família com sua mãe e seu irmão, Gabriel - o qual acabou rendendo mais áudios para a série de vídeos. “Decidi fazer um podcast em família para que as pessoas realmente conhecessem a mãe por inteiro. No O Calado Vence, falamos sobre nossas vidas e boa parte dos áudios de hoje saem do podcast, então conseguimos fazer essa inclusão”, concluiu Guilherme.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Paz no condomínio?

Uma publicação compartilhada por Guilherme Sousa (@gui) em