Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Confira os estragos causados pela chuva no sul de Santa Catarina (VÍDEOS)

Em Tubarão, choveu quase 180 milímetros nas últimas 24 horas
Paulo Monteiro
Por Paulo Monteiro Laguna - SC, 09/06/2021 - 13:03Atualizado em 09/06/2021 - 13:40
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Diversos municípios do sul de Santa Catarina foram afetados pela forte chuva que atinge o estado desde a noite desta terça-feira, 8. Tubarão, Laguna, Imaruí e Morro da Fumaça foram algumas das cidades mais afetadas na região, com registros de alagamentos e deslizamentos de terra.

De acordo com o coordenador de Proteção e Defesa Civil da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), Rosinei da Silveira, ocorreram alagamentos em quatro cidades na região: Criciúma, Morro da Fumaça, Içara e Nova Veneza.

“Em Içara a situação está bastante sob controle, assim como em Nova Veneza. Agora quem está atuando mais são os municípios de Criciúma e Morro da Fumaça”, pontuou Rosinei, afirmando que a Diretoria de Trânsito e Transporte (DTT) está na rua ajudando a controlar o trânsito, sobretudo no bairro Quarta Linha, onde foram registrados maiores alagamentos.

Em Criciúma, choveu cerca de 88 milímetros nas últimas horas. Esse número foi um pouco maior em Morro da Fumaça: 90 milímetros. Segundo Rosinei, calhas e córregos não estão dando conta da grande quantidade de água.

“Tanto a área urbana quanto rural amanheceu com alguns pontos de alagamento. Alguns já são conhecidos historicamente por alagamentos, tanto na região central do município quanto em outros bairros. Ainda estamos percorrendo o município verificando os danos e fazendo limpezas, intervenções e manutenções. Não temos desalojados e desabrigados ainda”, afirmou Nathan Felipe Souza, coordenador da Defesa Civil em Morro da Fumaça.

Amurel

Os maiores estragos no sul do estado ocorreram na região de Laguna. Em Tubarão, choveu 176 milímetros de chuva nas últimas 24 horas, o que ocasionou, também, diversos alagamentos. Algumas famílias tiveram que ser retiradas de suas residências por conta de inundações, e um deslizamento foi registrado na área rural da cidade.

Deslizamento em Tubarão

 

Foram registrados alagamentos também em diversos bairros de Laguna. O município suspendeu as aulas presenciais, assim como a vacinação contra a Covid-19. Alunos de uma creche precisaram ser retirados pela Defesa Civil. Vídeos mostram grandes correntezas na região de Bananeiras e, também, em Cabeçudas.

“Tenho certeza que todos os 18 municípios da Amurel foram afetados”, afirmou o coordenador da Defesa Civil da Amurel, Anderson Martins Cardoso. “Tivemos queda de muros, corrida de massa e deslizamento. Em Imaruí, tivemos vários alagamentos, cabeças d’água provocando vários danos e prejuízos. Pontes e pavilhões foram danificadas”, completou o sargento.

Amesc

Houve um grande alagamento também na beira-mar do município de Balneário Gaivota. Confira: