Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Clássico do Sul catarinense é recheado de mistérios nesta quarta-feira

Veja as informações de Criciúma e Hercílio Luz, que se enfrentam às 21h no estádio Heriberto Hülse pela estreia no estadual
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Criciúma, SC, 24/02/2021 - 12:49Atualizado em 24/02/2021 - 12:58
Último treino do Tigre foi na terça-feira (Foto: Celso da Luz / Criciúma EC)
Último treino do Tigre foi na terça-feira (Foto: Celso da Luz / Criciúma EC)

Falta pouco para o torcedor carvoeiro conhecer o time montado pelo Tigre para o Campeonato Catarinense. A bola rola às 21h no estádio Heriberto Hülse para Criciúma e Hercílio Luz, pela primeira rodada do estadual. 

Foram dois meses e 19 dias sem jogos. Durante esse tempo, mudou quase tudo no Heriberto Hülse: direção, comissão técnica e jogadores - dos titulares, o único que permaneceu foi o volante Eduardo. Novo projeto, velha missão: fazer bonito no estadual e buscar o acesso no nacional.

Projeta-se um time intenso, agressivo e forte na marcação, características cobras pelo técnico Hemerson Maria. Mantém-se o mistério sobre a escalação: dos 25 jogadores do elenco, apenas o goleiro Murilo é baixa devido a uma suspensão. 

O técnico deve formatar a equipe em um 4-4-2, procurando uma marcação alta, forte sem a bola e sem abdicar do jogo com a posse. "Eu gosto da marcação alta. Fizemos dois gols contra o Grêmio de roubada de bola, mas tem que alternar. No pouco tempo que restou depois do jogo-treino, procurei criar situações de marcações mais baixas, atrair o adversário para ter campo e contragolpe", projetou Hemerson Maria. 

Do lado do Hercílio Luz, a expectativa é consolidar-se no cenário de elite do futebol nacional. O Leão de Tubarão foi vice-campeão da Série B do Catarinense no ano passado e quer a classificação à segunda fase nesta temporada para ter um calendário cheio, com competição nacional no segundo semestre.

Eduardo deve formar dupla de volantes com Moacir

Jogo fechado

Fechado ao público, que terá o rádio e o streaming como opções para acompanhar a estreia do Tigre no Catarinense, Hemerson Maria mantém fechada também a escalação do time para o confronto.

O técnico não confirma a equipe que disputou o jogo-treino contra a equipe de transição do Grêmio, goleada por 4 x 0 - gols de Uilliam Barros, duas vezes, Mateus Anderson e Deivid. "Pode ser o mesmo 11, pode ser o que terminou ou o que fez tempo intermediário. Alguns atletas não participaram do jogo-treino também", respondeu Hemerson Maria, em coletiva, sobre a escalação.

"Penso que não é um fator decisivo, mas é importante o fator surpresa. Vou deixar para o Marcelo Caranhato quebrar um pouco a cabeça, até porque as informações do Hercílio são bastante restritas", completou o técnico.

Do lado do Hercílio Luz,  o técnico Marcelo Caranhato esconde ainda mais a escalação. A equipe de Tubarão realizou jogos-treinos fechados para a imprensa durante a temporada.

Da equipe do acesso, sete titulares permanecem (Foto: Luiz Henrique Fogaça / Hercílio Luz)

Adversário

Vice-campeão da Série B, o Hercílio Luz retorna à elite do Campeonato Catarinense após ser rebaixado em 2019. O clube projeta uma ascensão estadual para ter um calendário nacional. São 102 anos de história e um bicampeonato estadual, em 1957-58, e o projeto atual é de melhorias estruturais, com a construção de um novo estádio e um novo centro de treinamento. 

Nesta temporada, manteve sete jogadores titulares da campanha na Série B, quando foi derrotado para o Próspera na final da competição. Vieram alguns reforços do Rio Grande do Sul, como Rafael Roballo, Yan e Garraty, e outros conhecidos no futebol catarinense, como Andrei Alba e Luanderson.

Para o comando técncio foi contratado Marcelo Caranhato, ex-técnico do Cascavel, onde fez boa campanha no Campeonato Paranaense de 2020 e avançou na fase de grupos na Série D. Trata-se de um velho conhecido de Hemerson Maria; o técnico do Tigre revelou a amizade de longa data. 

Caranhato não esconde o desejo de buscar os três pontos no Heriberto Hülse. "O Criciúma é um time bem organizado, até pela característica do seu técnico. Bem ajustado dentro de campo, com ataque muito rápido. Vamos ter que tomar cuidado para não errar passes no corredor central. Temos que ter cautela no início, mas vamos ter que jogar e ser ofensivos para vencer o jogo", projetou o técnico do Leão.

Hemerson Maria quer uma equipe com intensidade (Foto: Celso da Luz / Criciúma EC)

Respeito

Hemerson Maria prega o respeito ao adversário desta quarta-feira. "Frisei aos atletas que se trata de um clássico regional. O Hercílio é um clube centenário e de muita tradição no cenário catarinense. É muito bem treinado pelo Marcelo Caranhato, que é um amigo meu de longa data. Conhecemos jogadores que estão lá, é uma equipe que vem para nos causar muitas dificuldades", aponta.

"Não podemos superestimar e nem supervalorizar, mas temos que tratar o adversário com muito respeito. Esperamos fazer um jogo de bastante intensidade, com nível de concentração altíssimo em busca do resultado. Se vier uma performance boa junto, ficaremos contentes", conclui.

Opinião

Na avaliação do comentarista do Timaço da Rádio Som Maior, João Nassif, o Tigre inicia nesta quarta-feira uma trajetória de luta pelo título no Campeonato Catarinense. 

"O Criciúma entra para tentar o título. Faz tempo que não chega, desde 2013. A situação esse ano também é complicada, o time foi montado agora, estava zerado no início da gestão de Anselmo Freitas e Hemerson Maria", analisa.

A impressão deixada após o jogo-treino contra o Grêmio é positiva. "Penso eu que tem um time, até pelo treinamento do sub-23 do Grêmio. A questão é saber se confirma aquela escalação. A princípio acho que deve mudar a lateral direita, não foi bem o Emanuel e tem o Léo", aponta. "Apresentou um bom conjunto e vai buscar resultados, principalmente na abertura, em casa contra o Hercílio Luz", conclui.

Timaço

A bola rola às 21h no estádio Heriberto Hülse. O Timaço da Rádio Som Maior entra em campo a partir das 19h, com Mário Lima na narração, João Nassif no comentário, Heitor Araujo na reportagem e Denis Luciano no plantão e apresentação do Arena Timaço.

Ficha Técnica

Criciúma x Hercílio Luz, 1ª rodada do Campeonato Catarinense

Local: estádio Heriberto Hülse

Horário: 21h

Arbitragem: Fernando Henrique de Medeiros Miranda (Florianópolis), auxiliado por Alexandre Bitencourt e André Eduardo da Silveira.

Criciúma: Gustavo; Emanuel (Léo), Alemão, Marcel Scalese e Hélder; Eduardo, Moacir, Mateus Anderson e Gabriel Silva; Marcus Índio e Uilliam Barros. Técnico: Hemerson Maria.

Hercílio Luz: Rafael Roballo; Giovane, Negretti, Rodolfo e Boré; Luanderson, Ruan e  Renato Henrique; Marlon Freitas, Levi e Fabinho. Técnico: Marcelo Caranhato.