Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Cirurgiã plástica explica o tratamento para rejuvenescimento intimo 

Pratica é indicada para as mulheres acima de 30 anos, que não se sintam bem
Erik Behenck
Por Erik Behenck Criciúma - SC, 12/01/2018 - 17:45Atualizado em 12/01/2018 - 17:48
cirurgiã plástica Glayse June Favarin (foto: Érik Behenck)
cirurgiã plástica Glayse June Favarin (foto: Érik Behenck)

Com o avanço da medicina, surgem diversos procedimentos pouco conhecidos, um deles é o rejuvenescimento íntimo. São mais de 25 mil processos do tipo, realizados por ano no Brasil, sendo indicado para mulheres com idades entre 30 anos e 40 anos, que já tiveram filhos.

“Os partos por via-vaginal são os que mais levam para isso, gerando uma flacidez. (Após o procedimento), ela sente que ficou mais apertada e lubrificada, assim aumenta o conforto durante a relação”, afirmou a cirurgiã plástica, doutora Glayse June Favarin.

Algumas dessas intervenções não possuem apenas o cunho estético, mas servem para melhorar a vida da pessoa. Existem mulheres que se queixam de um volume a mais na região da vagina, como explica a cirurgiã, atrapalhando inclusive durante algumas atividades, por exemplo, na academia.

“Existem alguns procedimentos conhecidos como embelezadores, para ajudar quem já é bonito naturalmente. Outros procedimentos ajudam a melhorar a qualidade de vida e a autoestima”, disse Glayse.

Procedimentos como este são realizados através de lasers, aplicados dentro do canal vaginal. Hoje, existem dois sistemas disponíveis no Brasil.

Tags: saúde medicina