Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...

Carbonífera Metropolitana não realizou demissão em massa

Mina está fechada e o boato ganhou força depois que 13 funcionários foram dispensados
Por Erik Behenck Treviso - SC, 16/08/2019 - 10:05Atualizado em 16/08/2019 - 10:11
(foto: reprodução)
(foto: reprodução)

A mina de Treviso da Carbonífera Metropolitana está interditada desde o dia 8. Foi fechada pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), devido à falta de segurança no local. Nesta sexta-feira, 16, diversos trabalhadores acordaram com medo de uma suposta demissão em massa que iria acontecer. Conforme apurado pela reportagem, a informação não procede.

“A mina tá interditada, estamos trabalhando para que ela possa ser liberada novamente. Ontem tivemos uma reunião com o Ministério do Trabalho, para identificar as condições que são necessárias”, disse o presidente da Federação dos Mineiros, Genoir dos Santos, o Foquinha. Em contato com a empresa, apenas afirmaram que a informação não é verdadeira.

O boato ganhou força na tarde de quinta-feira, 15, quando oito mineiros foram dispensados, eles estavam no período de experiência, hoje mais cinco acabaram demitidos, totalizando 13. A Metropolitana contava com 26 funcionários nessa situação. O problema vai ser se a mina seguir bloqueada. “Se a mina continuar fechada, então corre o risco que todo mundo perca o emprego”, comentou Foquinha. 

A empresa segue realizando as melhorias exigidas, para que as atividades possam ser retomadas o mais breve possível.