Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Cai o técnico mais longevo do futebol brasileiro

Renato Portaluppi deixa o Grêmio após eliminação na pré-Libertadores contra o Del Valle
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Porto Alegre, RS, 15/04/2021 - 15:57Atualizado em 15/04/2021 - 17:02
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Caiu o treinador mais longevo do futebol brasileiro. Em recuperação da Covid-19 e com a eliminação na pré-Libertadores para o Independiente Del Valle, Renato Portaluppi e Grêmio entraram em acordo e o técnico deixou o clube, após mais de quatro anos de trabalho e os títulos da Copa Libertadores 2017, Copa do Brasil 2016 e o tricampeonato Gaúcho (2018, 19 e 20). A informação é confirmada pela imprensa gaúcha. 

Renato Portaluppi assinou com o Grêmio em 18 de setembro de 2016 para a sua terceira passagem como técnico do clube em que foi campeão mundial como jogador. Ele era o técnico com mais tempo de trabalho em um único clube do futebol brasileiro na atualidade - quatro anos e quase oito meses.

A informação da queda de Renato Portaluppi foi trazida em primeira mão pelo jornalista Vágner Martins, do grupo Bandeirantes do Rio Grande do Sul. Segundo informações do repórter da Rádio Gaúcha, Eduardo Gabardo, o técnico, em recuperação da Covid-19, está com pneumonia e parte do pulmão comprometido e a saída do Grêmio foi em acordo com a direção.

A demissão de Renato é pauta da imprensa gaúcha desde o fim da partida contra o Independiente Del Valle, na Arena do Grêmio, na última quarta-feira, quando o Tricolor foi derrotado por 2 x 1, mesmo placar da partida em Assunção, na semana passada, e consequentemente eliminado na pré-Libertadores.

Em reunião na manhã desta quinta-feira, a diretoria do Grêmio teria definido pela saída do técnico do clube. No entanto, ainda não foi feito o pronunciamento oficial. Segundo a Rádio Gaúcha, o auxiliar-técnico Alexandre Mendes sai junto com o treinador.