Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Banda Guerra de Botões lança segundo clipe

Trabalho vai ao ar no dia 20 de setembro no canal do PalcoMP3, no Youtube
Marciano Bortolin
Por Marciano Bortolin Criciúma, SC, 19/09/2021 - 16:00
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

“Voltar a Viver”. A segunda música lançada pela banda Guerra de Botões será a primeira a ter um clipe com os integrantes em cena.

No primeiro, da música “Violência”, os criciumenses produziram um lyric vídeo, aquele em que a letra da música aparece em destaque, mesclando com algumas cenas do famoso assalto a banco ocorrido em Criciúma, em novembro de 2020.

Além dessa curiosidade, o novo trabalho tem outra peculiaridade. O vocalista da banda Alex Candido, mora atualmente em Crowthorne, uma pequena cidade a 40 minutos de Londres e gravou sua própria participação no clipe. “A gente sabe da importância de ter o material audiovisual para apoiar os lançamentos nas plataformas. Então, decidimos fazer um vídeo estilo collab, que rolou bastante durante esse período em que os músicos não puderam se encontrar pessoalmente e ficou muito popular. Vai parecer um pouco fora da curva, afinal eu vou aparecer em um bosque, enquanto os demais vão aparecer em estúdio. Por outro lado, vai dar um clima diferente e a gente gostou bastante do resultado”, salienta.

O clipe de Voltar a Viver tem previsão de lançamento para o dia 20 de Setembro no canal do PalcoMP3 no Youtube. Esta é a maior plataforma nacional de streaming. “Também há previsão de lançar mais dois singles até o fim do ano, marcando um ano histórico para a banda que resolveu desengavetar de uma vez por todas os seus trabalhos originais”, revela Alex.

As músicas da banda estão em todas as plataformas digitais e quem tiver interesse ainda pode acompanhar mais o trabalho dos músicos no Instagram e Facebook.

A banda Guerra de Botões

A Guerra de Botões começou sua jornada musical no fim dos anos 1990. São mais de 20 anos de muito rock, festas e amizade.

O vocalista Alex Candido e o baixista Júlio Cesar iniciaram a banda junto a outros dois amigos que vieram a dar lugar, pouco tempo depois, ao guitarrista Robson Brígido e ao baterista Cris Rosa. Estava então formado o esquadrão definitivo da Guerra (como é carinhosamente chamada pelos fãs).

No repertório, uma série de covers com rock dos mais variados, entre eles Peter Frampton, Legião Urbana, Green Day a Lulu Santos, Ramones a Paralamas do Sucesso, Australian Crawl a Lobão, entre outros.

A banda gravou sua primeira música original em 2002, que foi apresentada em um festival universitário de canções em Blumenau. Com o nome de"Violência", a música foi regravada profissionalmente recentemente e está disponível em todas as plataformas digitais junto a outras duas canções originais: "Voltar a Viver" e "Das Cartas Que Escrevi". "A banda já tocou para cinco pessoas. E também já tocou para cinco mil. E sempre com a mesma alegria e disposição para estar nos palcos", fala o vocalista.

Em Santa Catarina, várias foram as cidades  e casas de shows em que se apresentaram. Em 2014 a banda lançou um tributo aos Engenheiros do Hawaii, com repercussão positiva e o projeto deve ser retomado com novo repertório e até mesmo formato.

Atualmente, a banda também está focada nos lançamentos das músicas originais, que deve dividir o foco da banda. Uma mescla entre tocar música cover e produzir as músicas originais. "A Guerra de Botões tem uma longa jornada para relembrar e uma longa jornada pela frente", pontua Candido.