Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
4

Assalto a bancos em Araçatuba (SP): há possibilidade dos autores serem os mesmos do atentado em Criciúma?

O assalto aconteceu em três agências bancárias, no último domingo, 29, deixando três pessoas mortas
Letícia Ortolan
Por Letícia Ortolan Criciúma - SC, 31/08/2021 - 08:36Atualizado em 31/08/2021 - 08:48
Foto: Arquivo / 4oito
Foto: Arquivo / 4oito

O Programa Adelor Lessa desta terça-feira, 31, trouxe Anselmo Cruz para tratar sobre o mega-assalto a bancos em Araçatuba, em São Paulo (SP). Trata-se do responsável pela delegacia de Roubos e Sequestros do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) de Santa Catarina, que fez uma análise do atentado semelhante ao que ocorreu no município de Criciúma, em dezembro de 2021. 

O assalto aconteceu em três agências bancárias, no último domingo, 29, deixando três pessoas mortas. Os criminosos espalharam cerca de 40 explosivos pela região central da cidade e pelo menos cinco moradores ficaram feridos. Um deles precisou fazer a amputação das duas pernas. Além disso, os assaltantes saíram disparando tiros pelas ruas e roubando veículos em que os condutores estavam.

A dúvida que se tem atualmente, é se os criminosos do ataque em Araçatuba são os mesmos de Criciúma. Conforme Anselmo, esse tipo de atentado vem acontecendo desde 2015 no Brasil. O registro é de mais de seis situações em que os fatos são parecidos. Ele ainda destaca que as informações preliminares já coletadas, não apontam que os autores sejam iguais. 

“Não apontam exatamente o mesmo esquema montado do que aconteceu em Criciúma, a ação de Araçatuba foi muito mais violenta, algo bem complicado e pesado do ponto de vista da população urbana. Os moradores foram atingidos por arma de fogo, havia grande quantidade de explosivos. Foi uma situação agravamente”, apontou o delegado. O trabalho de investigação está sendo feito em conjunto pela Polícia Civil de São Paulo e Polícia Federal.