Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

As histórias de Brasil e Angola no Avesso

Esmael Nzuzi é youtuber e retrata as diferenças e curiosidades entre os dois países
Vitor Netto
Por Vitor Netto Criciúma - SC, 15/06/2020 - 19:51
Fotos: Vitor Netto / 4oito
Fotos: Vitor Netto / 4oito

Ele deixou a sua terra natal para buscar novos desafios em sua vida, mas jamais deixou de valorizar as tradições de seu povo e de se esforçar para mostrar as pessoas a riqueza e a beleza cultural de seu continente. Assim que o YouTuber Angola, Esmael Nzuzi dos Santos Gabriel, leva a vida. Ele foi o convidado do programa Do Avesso desta segunda-feira, 15, aqui na Rádio Som Maior. 

Esmael tem 26 anos e mora em Criciúma há seis. Ele veio para a região para estudar na Unesc, onde se graduou em Ciências Contábeis. "Eu acho que a Angola é o país que mais consome o conteúdo brasileiro. Passam muitos canais e conteúdos como novelas e futebol”, comenta. 

Foto: Pity Búrigo

Para ele, a relação do Brasil e da Angola é muito estreita, praticamente países irmãos. “O Brasil foi o primeiro país a reconhecer a independência da Angola, então esses laços vão muito a mais do que questões diplomáticas ou culturais”, enfatiza. 

Há cinco meses criou o Instagram @afrwns e o canal no YouTube África do Jeito que Eu Nunca Vi. No canal, ele busca mostrar aos brasileiros, e principalmente aos criciumenses, e brasileiros. “Uma empresa que eu trabalhava pediu para que eu fizesse um vídeo me apresentando para a empresa e então surgiu a coragem para criar o canal”, explica. 

Entre os vídeos e os assuntos abordados, ele apresenta características da Angola e do Brasil, como por exemplo como é celebrado o Natal no seu país natal, filmes angolanos, comidas típicas entre outros tantos assuntos.