Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
Carregando Dados...
CORONAVÍRUS - Saiba mais aqui

Após goleada na Copa do Brasil, Cavalo afirma permanência no Tigre

Técnico assumiu culpa por três zagueiros, mas diz ter projeto para fazer o clube crescer
Heitor Araujo
Por Heitor Araujo Santo André - SP, 05/02/2020 - 18:56Atualizado em 05/02/2020 - 18:57
Foto: Arquivo / Divulgação
Foto: Arquivo / Divulgação

O técnico Roberto Cavalo assumiu a culpa pela derrota por 4 a 1 para o Santo André. O Tigre foi eliminado pela 4ª vez  na 1ª fase da competição. Para enfrentar o Santo André fora de casa, o técnico optou por um esquema com três zagueiros, que foi desfeito ainda na primeira etapa, depois de tomar dois gols antes dos 25 minutos.

"A proposta foi um erro meu. A opção de três zagueiros foi porque analisamos bastante o adversário. O gol tomado aos 3 minutos muda qualquer situação. Aí ficou difícil, sentimos o gol. O adversário é forte, um dos melhores do Paulista. Vamos tentando, orientando e tentando arrancar o algo mais do atleta, mas não foi suficiente. Fomos abaixo do que imaginávamos. O Criciúma não pode jogar o que jogou", analisou Cavalo após o jogo.

De acordo com Cavalo, outra opção seria a entrada com três volantes, mas optou por três zagueiros "pois ficaria melhor encaixado atrás". O Tigre teve muitas dificuldades de criação na partida; o técnico falou que alguns jogadores não deram a resposta esperada.

"Falta qualidade e experiência. Visamos a base isso pesa. A camisa do Criciúma tem um poder muito forte, não é qualquer atleta que vai usar. Têm jogadores que ainda não conseguiram render. Não dá pra dizer que o time é ruim, mas há carências", afirmou Cavalo.

Apesar do fraco desempenho até o momento na temporada, ainda não se fala publicamente sobre uma possível saída de Roberto Cavalo no comando técnico do Tigre. A diretoria também não sinalizou sobre demissão do treinador.

"Vou trabalhar sempre da melhor forma possível. Ganhei a chance da diretoria de fazer o Criciúma crescer. Quando não se tem resultados, tem problemas. Conto ficar até o final, tem o projeto. Mas fica a critério da diretoria", concluiu o técnico.